Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16596
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_CarmelitaGomesRodrigues.pdf1,71 MBAdobe PDFView/Open
Title: Aliança terapêutica na psicoterapia breve online
Authors: Rodrigues, Carmelita Gomes
Orientador(es):: Tavares, Marcelo da Silva Araújo
Assunto:: Psicoterapia
Terapeuta e paciente
Internet
Issue Date: 22-Oct-2014
Citation: RODRIGUES, Carmelita Gomes. Aliança terapêutica na psicoterapia breve online. 2014. 96 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Este estudo trata de psicoterapia online, mediada por computadores conectados à internet, em condição de sincronicidade, isto é, em que terapeuta e paciente estão simultaneamente conectados e se comunicando por meio de microfone e câmera. Essa modalidade de atendimento psicológico ainda é vedada no Brasil, exceto como pesquisa autorizada por um comitê de ética, e em situações eventuais, em observância a critérios da Resolução 011/2012 do Conselho Federal de Psicologia (CFP). O objetivo geral deste estudo qualitativo é avaliar a aliança terapêutica em atendimentos psicológicos realizados exclusivamente pela internet. Cinco mulheres, com idades variando entre 19 e 59 anos, participaram dos atendimentos de psicoterapia breve focal online, no período de 16 semanas. Foram usados dois questionários. O Questionário de Avaliação de Sessão (SessionEvaluationQuestionnaire - SEQ) avalia, a cada sessão, as dimensões profundidade, suavidade, positividade e mobilização. O Inventário de Aliança Terapêutica (Working Alliance Inventory -WAI) analisa a aliança terapêutica e seus componentes (foco na tarefa, congruência com objetivos e percepção de vínculo), que foram aplicados na quarta e na última sessão. Os resultados mostram que apesar da variabilidade das avaliações a cada sessão, a aliança terapêutica e seus componentes se estabeleceram nos cinco casos e mantiveram-se ao longo do processo. A avaliação qualitativa do processo terapêutico como um todo permite concluir que a construção da relação terapêutica em atendimentos online síncronos é muito semelhante à presencial, tanto em suas vantagens quanto em seus desafios. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
This is a study about online psychotherapy, mediated by computers connected to the internet, in condition of synchronicity, that is, in which the therapist and patient are simultaneously connected and communicating by means of microphone and camera. This type of psychological treatment is still not allowed in Brazil, except as research, authorized by an ethics committee, and other few situations, in compliance with the Resolution 011/2012 of Brazilian Council of Psychology (CFP). The aim of this qualitative study is to evaluate the establishment of therapeutic alliance in psychological services conducted exclusively over the Internet. Five women, between 19 and 59 years old, participated in the brief focal online psychotherapy, for 16 weeks. Two questionnaires were used. The Session Evaluation Questionnaire (SEQ), assesses dimensions of depth, smoothness, positivity and mobilization of each online session. The Inventory of Therapeutic Alliance (WAI), assesses the therapeutic alliance and its components (focus on the task, congruence with goals and client-therapist bond), which were evaluated in the fourth and last session. The results showed that, despite variability in the evaluation of the sessions along the process, the therapeutic alliance and its components were established in five cases and remained throughout the process. The qualitative evaluation of the therapeutic process as a whole leads to the conclusion that the development of the therapeutic relationship in synchronic online consultations is very similar to the face to face process, as far as its advantages and challenges.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16596/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.