Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16458
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_BrunoLeonardoFischer.pdf4,26 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos do treinamento de potência na força muscular de indivíduos com doença de Parkinson
Authors: Fischer, Bruno Leonardo
Orientador(es):: Bottaro, Martim
Assunto:: Parkinson, Doença de
Aptidão física
Músculos
Treinamento
Issue Date: 14-Oct-2014
Citation: FISCHER, Bruno Leonardo. Efeitos do treinamento de potência na força muscular de indivíduos com doença de Parkinson. 2014. 76 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A doença de Parkinson (DP) é uma doença neurodegenerativa e progressiva, que afeta cerca de 1% em pessoas acima de 60 anos, e considerada uma das doenças neurológicas mais incapacitantes na terceira idade. Indivíduos com DP apresentam uma redução do desempenho muscular, incluindo redução da massa muscular, força e potência. O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito de 12 semanas de treino de potência (TP) na força muscular de indivíduos com doença de Parkinson. Vinte e quatro indivíduos com DP (67,86 ± 8,89 anos; 167,96 ± 5,01 cm; 72,46 ± 11,41 kg) foram divididos em dois grupos: 1) TP (3 séries de 10-15 repetições a 40-50% 1RM e posteriormente 6-10 repetições a 60-70% 1RM, o mais rápido possível) e 2) Atividade de Dança - AD (1 hora de dança 2 vezes por semana). A força muscular foi avaliada através do pico de torque (PT) isométrico e isocinético em três velocidades distintas (60, 180 e 240º/s) em ambas as pernas. A comparação entre os grupos e o período pré e pós foi realizada através da Anova de medidas repetidas mista {(2 x 2) (Tempo [pré e pós] * Grupo [controle e exercício]}. Para mensurar a magnitude do efeito clínico do treino x grupos utilizou-se o d de Cohen. O grupo TP obteve melhora no PT isométrico (13,8% na perna direita e 19,3% na esquerda), no PT isocinético a 60º/s (13,4% na perna direita e 11,4% na esquerda), a 180º/s (23,9% na perna direita e 29,5% na esquerda) e a 240º/s (20,2% na perna direita e 34,1% na esquerda). Na maioria dos testes avaliados o efeito clínico foi de moderado a grande para o grupo de TP e sem efeito no AD. Os resultados demonstram que 12 semanas de treinamento de potência é uma estratégia eficiente para aumentar a força muscular em indivíduos com DP. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Parkinson's disease (PD) is a progressive neurodegenerative disorder, affecting approximately 1% of the population older than 60 years, and considered one of the most disabling neurological disease in the elderly. Individuals with PD exhibit decreased muscular fitness including decreased muscle mass, muscle strength and power. The aim of this study was to investigate the effect of 12 weeks of power training (PT) on muscle strength in PD individuals. Twenty-four patients with PD (67.86 ± 8.89 years; 167.96 ± 5.01 cm, 72.46 ± 11.41 kg) were divided into two groups: 1) PT (3 sets 10-15 repetitions at 40-50% 1RM and then 6-10 repetitions at 60-70% 1RM, as fast as possible) and 2) Dance Activities - DA (1 hour dance class 2 times a week). Muscle strength was assessed by the peak isometric and peak isokinetic torque at three different speeds (60, 180 and 240°/s), in both legs. The difference pre and post tests, as well as differences between groups was analyzed by repeated measures mixed ANOVA {[time (Pre and Post) x group (RA and PT)] x Strength}. To measure the magnitude of the clinical effect of training versus groups, we used Cohen's d. The PT group improve isometric peak torque (13.8% right leg / 19.3% left leg), isokinetic peak torque at 60°/s (13.4% right leg / 11.4% on the left) leg, at 180°/s (23.9% right leg / 29.5% left leg) and at 240°/s (20.2% right leg / 34.1% left leg). In most tests evaluated, the clinical effect was moderate to large for the PT group and had no effect on the DA group. The results show that 12 weeks of power training is an effective strategy to increase muscle strength in individuals with PD.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação Física, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16458/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.