Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16283
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ErupcaoDenteLupino.pdf844,4 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Erupção do dente lupino em equinos PSI e campolina
Outros títulos: Eruption of the lupine tooth in horses thoroughbred and campolina
Autor(es): Silva, Frederico Ozanam Carneiro e
Severino, Renato Souto
Cunha, Luiz Henrique da
Ortega, Juliana França
Oliveira, Luana de Sousa
Lima, Eduardo Maurício Mendes de
Assunto: Cavalo
Dentes - errupção
Data de publicação: Jun-2014
Editora: Universidade Federal de Uberlândia
Referência: SILVA, Frederico Ozanam Carneiro e et al. Erupção do dente lupino em equinos PSI e campolina. Biosciense Journal, Uberlândia, v. 30, sup. 1, p. 420-423, jun. 2014. Disponível em: <http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15204/14554>. Acesso em: 27 ago. 2014.
Resumo: Nos equinos, os primeiros dentes pré-molares da arcada superior, ou dentes lupinos, são pequenos e caracteristicamente vestigiais, mostram-se posicionados imediatamente mesiais à raiz do primeiro dente molar superior, não atuam funcionalmente na mastigação e podem ainda provocar dor no animal. Foram avaliados 63 animais da raça Campolina e 58 da raça Puro Sangue Inglês quanto à presença ou não de dente lupino. Os dados encontrados mostraram que 42,86% dos animais da raça Campolina apresentaram dente lupino, assim como 3,45% da raça Puro Sangue Inglês. A frequência variável encontrada revela que a presença deste dente é uma característica particular e individual dos animais. Foi possível observar através da aplicação do teste exato de Fisher (p_0,05) que entre os equinos das raças PSI e Campolina ocorreu diferença significativa (p_0,0001). De outra forma, para cada uma das raças a ocorrência da presença deste dente entre os sexos não foi observada diferença PSI (p_0,496) e Campolina (p_0,083). _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In horses, the first premolar teeth of the upper arch, or wolf teeth are small and characteristically vestigial, appear positioned immediately mesial to the root of the first molar tooth, do not act functionally in chewing and can also cause pain in animals. There were evaluated 63 animals of Campolina breed and 58 of Thoroughbred in relation to the presence or absence of wolf teeth. The findings showed that 42.86% of the Campolina horses presented wolf teeth, as well as 3.45% of the Thoroughbred. The variable frequency found discloses that the presence of this tooth is a particular and individual feature of animals. It was observed by applying the Fisher’s test (p<0.05) that among equine breeds Thoroughbred and Campolina, there was significant difference (p<0.0001). Otherwise for each of the breeds the occurrence of presence of this tooth among the genders was not observed Thoroughbred (p_0.496) and Campolina (p_0.083).
Licença: Bioscience Journal - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Fonte: http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15204/14554. Acesso em: 27 ago. 2014.
Aparece nas coleções:FAV - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.