Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16251
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_QuantificacaoTecidoConjuntivo.pdf755,16 kBAdobe PDFView/Open
Title: Quantificação de tecido conjuntivo do músculo cardíaco em equinos de tração através de técnicas histoquímicas e morfométricas
Other Titles: Quantification of connective tissue in cardiac muscle from horses used for traction using histochemical and morphometric techniques
Authors: Lima, Eduardo Maurício Mendes de
Santana, Marcelo Ismar Silva
Castro, Márcio Botelho de
Bombonato, Pedro Primo
Benedicto, Hildebrando Gomes
Vianna, André Rodrigues da Cunha Barreto
Assunto:: Coração
Morfometria
Miocárdio
Cardiomiócitos
Issue Date: Jun-2011
Publisher: Universidade Federal de Santa Maria
Citation: LIMA, Eduardo Maurício Mendes de et al. Quantificação de tecido conjuntivo do músculo cardíaco em equinos de tração através de técnicas histoquímicas e morfométricas. Ciência Rural, Santa Maria, v. 41, n. 6, p. 1030-1035, jun. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000600018>. Acesso em: 29 ago. 2014.
Abstract: Os cardiomiócitos são sustentados e inseridos em um esqueleto de tecido conjuntivo, este possui distribuição desigual de acordo com as propriedades das distintas regiões em que se encontra. O propósito deste estudo foi quantificar a proporção de tecido conjuntivo em relação à disposição de cardiomiócitos dos ventrículos direito e esquerdo e no septo interventricular do miocárdio de seis equinos subnutridos, adultos, sendo quatro machos e duas fêmeas, sem raça definida e utilizados para tração. Com auxílio de paquímetro eletrônico digital, avaliou-se a altura do ventrículo esquerdo, a largura do coração, assim como sua circunferência, as espessuras das paredes livres dos ventrículos e do septo interventricular. Os fragmentos relativos ao terço médio do septo interventricular e das paredes livres dos ventrículos foram submetidos à técnica histológica convencional. Os blocos foram cortados com espessura de 5μm e corados com Picrosirius Red, Tricromo de Gomori e Tricromo de Azan para evidenciação do tecido conjuntivo. As lâminas foram analisadas com uso do microscópio óptico digital acoplado ao programa de análise de imagens Image-Pro Plus®. A proporção média de tecido conjuntivo no ventrículo esquerdo foi de 6,1+3,7%, no septo interventricular foi obtida a média de 6,8+3,6% e no ventrículo direito a média foi de 6,1+3,1%. Ao aplicarmos teste H de Kruskal-Wallis, verificamos que ocorreu diferença estatística entre os diferentes corantes utilizados em relação às regiões avaliadas. No teste de correlação de Pearson, não foi encontrado padrão de correlação entre a espessura das regiões analisadas e a proporção de tecido conjuntivo.
Abstract: The purpose of this study was to quantify the proportion of connective tissue in relation to the arrangement of cardiomyocytes of left and right ventricles and interventricular septum in myocardium of six mixed breed, ill trifted adult horses, of both sexes, used for traction. With hearts still fresh and with the aid of a digital caliper, it was estimated the height of left ventricle, the heart’s width, the heart’s circumference and the thickness of the ventricular free walls and interventricular septum. The fragments on the middle third of the interventricular septum and free walls of the ventricles were subjected to conventional histological technique. The blocks were cut with thickness of 5μm and stained with Picrosirius Red, Gomori Trichrome and Azan Trichrome to show the connective tissue. The slides were analyzed using optical microscope coupled to a digital analysis program Image-Pro Plus®. The average proportion of connective tissue in the left ventricle was 6.1+3.7%, in the interventricular septum and it was observed a mean of 6.8+3.6%. In the right ventricle the average was 6.0+3.0%. Applying the H test of Kruskal-Wallis, it was found that there was statistical difference between the different dyes used for each region. In the Pearson correlation test it was not found pattern correlation between the thickness of the regions analyzed and the proportion of connective tissue.
Licença:: Ciência Rural - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S0103-84782011000600018&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 29 ago. 2014.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782011000600018
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16251/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.