Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16222
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_RelacaoIndiceAvermelhamentoSolo.pdf2,93 MBAdobe PDFView/Open
Title: Relação entre o índice de avermelhamento do solo e o estoque de carbono na biomassa aérea da vegetação de cerrado
Other Titles: Relationship between redness index of soil and carbon stock of aerial biomass in cerrado vegetation
Authors: Santana, Otacílio Antunes
Imaña Encinas, José
Inácio, Euzelina dos Santos Borges
Amorim, Laerte Bezerra de
Vilaverde, João Luiz Jardim
Assunto:: Cores - solo
Fitofisionomia
Ferro
Carta de cores de Munsell
Issue Date: Oct-2013
Publisher: Centro de Ciências Rurais - Universidade Federal de Santa Maria
Citation: SANTANA, Otacílio A. et al. Relação entre o índice de vermelhamento do solo e o estoque de carbono na biomassa aérea da vegetação de cerrado. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, n. 4, p. 783-794, out.-dez., 2013. Disponível em: <http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/cienciaflorestal/article/view/12362/7822>. Acesso em: 9 de jul. de 2014.
Abstract: A variação da cor do solo é uma resposta relacionada principalmente a sua composição física, química, biológica e mineralógica. O sistema de cores de Munsell é baseado na cor de forma objetiva, em que, através dela é possível avaliar diversos fatores do solo, como a presença de óxidos de ferro, granulometria e material orgânico. O objetivo do trabalho foi realizar uma relação e identificação entre o índice de avermelhamento (IAV) com o estoque de carbono presente na parte aérea da vegetação de Cerrado. O trabalho foi realizado em sete municípios do Oeste Baiano, em áreas nativas de Cerrado, nas fitofisionomias: Floresta de Galeria, Cerradão, Cerrado stricto sensu e Campo Sujo. A determinação da cor foi efetuada no campo em amostras de solo úmido, empregando-se a caderneta de Munsell. A partir da avaliação da matiz, valor e croma, foi calculado o índice de avermelhamento (IAV). A estimativa do estoque de carbono acima do solo foi realizada a partir dos compartimentos: tronco e galhos, tanto das árvores vivas quanto árvores mortas, através de uma equação alométrica desenvolvida para o Cerrado. O índice de avermelhamento da cor do solo na camada de 0,00 a 0,20 m possui uma relação diretamente proporcional e significativa com o estoque de carbono da biomassa aérea da vegetação de Cerrado, podendo ser extrapolado o cálculo do estoque de carbono (EC) pelo valor do índice de avermelhamento (IAV) do solo pela equação [EC = 0,4936 • IAV + 4,2286 (-1,5%)]. A praticidade pela coleta dos dados de IAV, através da carta de Munsell e a confiabilidade do ajuste, dado pelo erro residual menor do que 5%, faz com que esta relação possa ser utilizada para fins acadêmicos e coorporativos em estimação dos estoques de carbono para aplicação em manejos florestais e ambientais. A variação de EC entre as fitofisionomias estudadas faz-se, principalmente, pela distinta densidade de indivíduos arbóreos por hectare. A variação do IAV nas áreas estudadas é devido à matéria orgânica acumulada na superfície do solo, ao conteúdo mineral e à capacidade de drenagem, segundo inferências da literatura, refletindo assim nas distintas cores do solo nas fitofisionomias estudadas.
Abstract: The color variety of soil is response of its physical, chemical, biological and mineralogical composition. The Munsell color system is based on an objective color evaluation in which it is possible to evaluate different color soil factors such as the presence of iron oxides, particle size, and accumulated organic material. The objective of this study was to identify the relation between the redness index (IAV) of soil and the amount of carbon content present in the aerial part of Cerrado vegetation. The study was conducted in seven cities in western Bahia state, in native areas of Cerrado. The determination o soil color was made in the field, with moist soil samples, using the Munsell color chart. From the evaluation of hue, value and chroma, the redness index (IAV) was calculated. The estimation of carbon stock above ground was carried out from: trunk and branches, both living and dead trees by the allometric equation developed in Cerrado areas. The redness index of soil, from the layer 0.00 to 0.20 m, has a significant and directly proportional relationship with the carbon stock of above ground biomass of Cerrado vegetation. This may be extrapolated to calculate the carbon stock (EC) by the redness index (IAV) of soil by the equation [EC = 0.4936 • IAV + 4.2286 (-1.5%)]. The practicality of sampling of data by IAV with Munsell chart, and the reliability of data fit by results of residual error less than 5%, make that this relationship may be used for academic and corporative in carbon stocks estimation for use in forest and environmental management. The EC variation between the studied physiognomies is mainly by distinct density of tree individuals per hectare. The variation of IAV in studied areas is due to the accumulated organic matter on the soil surface, the mineral content and drainage capacity, according to inferences of literature, and this reflecting the different colors of soil in the studied phytophysiognomies.
Licença:: Ciência Florestal - Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/cienciaflorestal/article/view/12362/7822. Acesso em: 9 jul. 2014.
Appears in Collections:EFL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16222/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.