Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16132
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_SergioPecanhaSilvaColetto.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open
Title: O arquivo contemporâneo e os recursos da WEB 2.0 : verificação do uso de folksonomias em acervos eletrônicos digitais de imagem em movimento
Authors: Coletto, Sérgio Peçanha da Silva
Orientador(es):: Manini, Miriam Paula
Assunto:: Indexação
Arquivos - indexação e resumos
Recursos audiovisuais
Organização da informação
Web 2.0
Issue Date: 21-Aug-2014
Citation: COLETTO, Sérgio Peçanha da Silva. O arquivo contemporâneo e os recursos da WEB 2.0: verificação do uso de folksonomias em acervos eletrônicos digitais de imagem em movimento. 2014. 124 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Parte-se do princípio de que a organização da informação nos arquivos, principalmente aquela de valor secundário, pode ser beneficiada com as possibilidades permitidas pelos recursos da Web 2.0. A folksonomia, enquanto um destes recursos, é conhecida pela facilidade de implementação e pelo baixo custo de manutenção, fatores favoráveis ao cenário informacional atual, que testemunha um volume crescente de documentos e conteúdos digitais. Para verificar a possibilidade de uso da folksonomia na organização da informação em acervos arquivísticos, foi realizada uma pesquisa na literatura científica da Ciência da Informação e áreas correlatas, de casos que apresentam aplicação. A fim de delimitar a pesquisa, foram buscados apenas trabalhos que representam casos em acervos eletrônicos digitais de imagem em movimento. Além da verificação das aplicações de folksonomias em acervos arquivísticos, a pesquisa também buscou afinidades epistemológicas entre as características do arquivo contemporâneo e da folksonomia, levantadas a partir da literatura científica. As características do arquivo contemporâneo, de acordo com os autores analisados, pareceram bastante consensuais, permitindo entendê-lo como um organismo tecnológico e dinâmico que explora cada vez mais o seu valor cultural e, no caso dos documentos das instituições governamentais, também a sua publicidade. Já a pesquisa das características da folksonomia, em contrapartida, apresentou trabalhos muito divergentes entre si quanto às suas definições terminológicas; entretanto, a literatura analisada revelou características consensuais que nos fazem entendê-la como adaptável a diferentes conteúdos. A disseminação da informação em acervos permanentes pode ser visivelmente beneficiada pelos recursos possibilitados pela Web 2.0, mas a literatura analisada não revelou experiências no que tange ao uso da folksonomia em acervos arquivísticos de documentos eletrônicos de imagem em movimento. Por outro lado, os trabalhos mostraram promissoras aplicações (e tendências de aplicações) dos recursos da Web 2.0 em acervos de imagem em movimento de plataformas virtuais de bibliotecas e de bibliotecas digitais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Assumed that the archival organization, especially historical archives, can be benefited with the possibilities offered by Web 2.0 resources. The folksonomy, while one of these resources, is known for being easy to apply with low maintenance cost, favorable features in the current informational scenario, which witnesses a growing volume of documents and digital content. To check the possibility of using the folksonomy in the archival organization, a survey was conducted in the scientific literature of Information Science and related areas. In order to delimit the search, only papers that represent cases in digital collections of audiovisual content were considered. Apart from verification of folksonomies applications in archival collections, the survey also sought epistemological affinities between the characteristics of contemporary archive and folksonomy, raised from the scientific literature. The characteristics of contemporary archive, according to the authors, seemed quite consensual, allowing understand it as a technological and dynamic organism that increasingly exploits its cultural value and in the case of documents of government institutions, also its publicity. In contrast, the research of the characteristics of folksonomy showed papers with very different terminological definitions, however, the scientific literature survey showed consensual characteristics that make us understand it as adaptable to different contents. Information dissemination in historical archival collections can be noticeably benefit from features enabled by Web 2.0, but the literature reviewed did not reveal experiences of applying folksonomy in archival collections of audiovisual content. On the other hand, studies have shown promising applications (and applications trends) of Web 2.0 resources in audiovisual collections of virtual libraries platforms and digital libraries.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FCI - Mestrado em Ciência da Informação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16132/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.