Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16044
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_RobertoCarlosAltarNelson.pdf2,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Roberto Carlos : no altar de Nelson Leirner
Authors: Brito, Eleonora Zicari Costa de
Oliveira, Emerson Dionisio Gomes de
Assunto:: Carlos, Roberto, 1943-
Leirner, Nelson
Música popular - Brasil
Músicos brasileiros
Issue Date: Jan-2009
Publisher: Programa de Pós-graduação em História - Universidade Federal de Uberlândia
Citation: BRITO, Eleonora Zicari Costa de; OLIVEIRA, Emerson Dionisio Gomes de. Roberto Carlos: no altar de Nelson Leirner. ArtCultura, Uberlândia, v. 11, n. 19, p. 197-209, jul./dez. 2009. Disponível em: <http://www.seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/11285/7115>. Acesso em 25 jun. 2014.
Abstract: O presente trabalho procura compreender o lugar que o cantor e compositor Roberto Carlos ocupava na circulação de bens simbólicos por meio da instalação Adoração do artista visual Nelson Leirner. A intersecção entre este ícone do universo musical, de forte apelo midiático e desdobramento popular, e uma peça da arte contemporânea, empenhada em produzir efeitos políticos, deu-nos a oportunidade de compreender como e porque o músico fora escolhido para significar, no incipiente mercado de bens simbólicos dos anos 60, as contradições da pop art, transplantada para a realidade política do Grupo Rex, no qual Leirner estava inserido. Para tanto, o artista visual escolhe, para ressignificar o jovem talento musical, um código pertencente à iconografia popular cristã, inserindo-o num jogo de referência que ultrapassava o corrente binômio cultura popular e cultura erudita. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper seeks to understand the place that the singer and composer Roberto Carlos occupied in the circulation of symbolic assets through the installation of Adoração (Worship) by the visual artist Nelson Leirner. The intersection between this universal musical icon, with strong mediatic and popular appeal and a piece of contemporary art, assigned to produce political effects, has given us the opportunity of understanding how and why the musician was chosen to signify, in the incipient symbolic assets market of the sixties, the contradictions of pop art, transplanted to the political reality of the Grupo Rex, in which Leirner was inserted. For this, the visual artist chooses, to resignify the young talented musician, a code belonging to popular Christian iconography, inserting him in a game of reference that surpassed the popular binomial current culture and erudite culture.
Licença:: Artcultura - Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude da aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais. Fonte: http://www.seer.ufu.br/index.php/artcultura/about/submissions#copyrightNotice. Acesso em: 25 jun. 2014.
Appears in Collections:VIS - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16044/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.