Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15924
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_MarinaBolfarineCaixeta.pdf4,66 MBAdobe PDFView/Open
Title: Cooperação sul-sul como nova tendência da cooperação internacional : o discurso e a prática da cooperação técnica do Brasil com São Tomé e Príncipe para o combate à tuberculose
Authors: Caixeta, Marina Bolfarine
Orientador(es):: Euzébio, Umberto
Assunto:: Cooperação internacional
Cooperação Sul-Sul
São Tomé e Príncipe - cooperação internacional
Tuberculose
Gestão de políticas, programas e projetos sociais
Issue Date: 21-Jul-2014
Citation: CAIXETA, Marina Bolfarine. Cooperação sul-sul como nova tendência da cooperação internacional: o discurso e a prática da cooperação técnica do Brasil com São Tomé e Príncipe para o combate à tuberculose. 2014. 193 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A cooperação internacional atualmente vivencia momento de transição, e uma nova tendência deste tipo de relacionamento emerge com a cooperação Sul-Sul. Essa cooperação entre países em desenvolvimento é parte do fenômeno da ascensão do Sul, no plano da política internacional, que nem tanto se caracteriza pela localização geográfica, mas também pela carga ideológica que traz em si. Vários movimentos e expectativas em prol da descolonização do conhecimento, do respeito às diferentes culturas, das parcerias mais horizontais entre os países, da participação de outros atores do cenário internacional e da valorização do ser humano no foco do desenvolvimento parecem encontrar oportunidade na cooperação Sul-Sul, que se forma juntamente com triangulares, para os quais conta com a participação do Norte, de organizações internacionais e não-governamentais, e da sociedade. A cooperação do Brasil com São Tomé e Príncipe notabiliza estes novos arranjos, com mecanismos de gestão de projetos muito débeis, se comparados com a cooperação tradicional, com discursos ainda pouco coerentes com as iniciativas em prática, mas inovadores em seus princípios e propostas. Isso se reflete na postura de seus representantes, do mais alto nível ao mais baixo, e, também, no processo e nas circunstâncias em que se concretizam. Esta nova tendência trazida pela cooperação Sul-Sul também se destaca nas discussões de saúde pública e na agenda global de saúde, já que iniciativas, como esta da cooperação para o combate à tuberculose, levam em consideração as determinações sociais da saúde e as particularidades de cada grupo populacional, com vistas à promoção do bem-estar físico, mental e social. As confusões em torno da utilização da expressão 'cooperação Sul-Sul‘ são evidências deste momento de transição e requerem discussões conceituais e teóricas. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The international cooperation currently experiences a moment of transition, and a new trend of this type of relationship comes up with the South-South cooperation. This cooperation among developing countries is part of the phenomenon of the rise of the South, in the international politics, which is characterized not so much by the geographic location but by the ideology that it carries. Various movements and expectations in favor of the decolonization of knowledge, the respect for different cultures, the horizontal partnerships between countries, the participation of other actors in the international arena and the importance of human life in the focus of development seem to find opportunity in South-South cooperation, which emerges along with triangular cooperation with the involvement of the North, international and non-governmental organizations and society. Cooperation between Brazil and Sao Tome and Principe is part of these new arrangements; although mechanisms for project management are very weak, if compared to the traditional cooperation, and the speeches are inconsistent with the initiatives in practice, they are innovative in its principles and proposals. This is reflected in the attitude of their representatives, from the highest to the lowest levels, and also into the processes and circumstances that characterize them. This new trend brought on by the South-South cooperation is also revealed in the discussions of public health and in the global health agenda, since initiatives, such as this cooperation to fight tuberculosis, take into account the social determinants of health and the particularities of each population group to promote the physical, mental and social well-being. The misunderstandings and controversies surrounding the use of the term 'South-South cooperation' are an evidence of this moment of transition and demands conceptual and theoretical discussions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPGDSCI - Mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15924/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.