Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15847
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_DarwinFoiUmMaterialista.pdf711,9 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Darwin foi um materialista?
Autor(es): Abrantes, Paulo Cesar Coelho
Assunto: Darwin, Charles, 1809-1882
Materialismo
Evolução (Biologia) - filosofia
Data de publicação: Jul-2009
Editora: Instituto Ciência Hoje
Referência: ABRANTES, Paulo Cesar Coelho. Darwin foi um materialista? Ciência Hoje, v. 44, n. 261, p. 50-55, jul. 2009.
Resumo: A publicação das ideias de Charles Darwin foi adiada porque ele temia a reação dos acadêmicos da época, comprometidos com uma teologia natural, e também a sua apropriação por ativistas políticos radicais que se apoiavam em uma imagem materialista de natureza. Darwin teve que rejeitar o materialismo do século 18 para que pudesse chegar á sua teoria. Mas o seu movimento em direção a uma explicação (neo)mecanicista para a origem das espécies só pôde realmente completar-se no século 20, com a teoria sintética da evolução, que combinou mutação, recombinação, seleção natural, migração e oscilação genética.
Licença: Autorização concedida pela editora executiva da Ciência Hoje ao Repositório Institucional da UnB para divulgação dos artigos dos professores da Universidade de Brasília publicados na revista, com os devidos créditos ao periódico.
Aparece nas coleções:FIL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.