RIUnB >
IREL - Instituto de Relações Internacionais >
IREL - Programa de Pós-graduação  >
IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10482/1565

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2008_MarinaGuedesDuque.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open

Title: A teoria de securitização e o processo decisório da estratégia militar dos Estados Unidos na Guerra do Iraque
Authors: Duque, Marina Guedes
Advisor: Viola, Eduardo José
Keywords: Segurança nacional - Estados Unidos
Guerra do Iraque
Estratégia militar
Issue Date: 2008
Submit Date: 2008
Citation: DUQUE, Marina Guedes. A teoria de securitização e o processo decisório da estratégia militar dos Estados Unidos na Guerra do Iraque. 2008. 181 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Este trabalho realiza um estudo de caso do processo decisório por meio do qual a estratégia militar dos Estados Unidos na Guerra do Iraque foi escolhida. Para tanto, examinam-se: (a) os atores governamentais envolvidos nas questões de segurança nacional, e sua interação; (b) as idéias de cada ator sobre o tipo de estratégia militar a ser empregada na Guerra do Iraque; (c) o arcabouço legal e institucional do processo decisório em assuntos de segurança nacional; e (d) o processo político em que se inseriu a tomada de decisão sobre a estratégia militar dos EUA na Guerra do Iraque. As fontes utilizadas incluem documentos oficiais, pronunciamentos de autoridades governamentais e depoimentos de funcionários do alto escalão do governo, assim como veículos de mídia e bibliografia pertinente. Analisa-se como o processo decisório sobre o tipo de força a ser utilizado na Guerra do Iraque sofreu impacto significativo da securitização bem-sucedida do terrorismo, nos EUA, após os atentados de 11 de setembro. Observa-se que a vinculação, por parte do governo Bush, do regime de Saddam Hussein ao terrorismo anti-estadunidense fez com que as decisões relacionadas à Guerra do Iraque não seguissem as regras normais de tomada de decisão e se conformassem aos interesses dos atores mais influentes dentro do governo. Conclui-se que o resultado do processo decisório correspondeu quase exclusivamente às preferências da liderança civil do Departamento de Defesa, de modo que a idéia de uma Revolution in Military Affairs prevaleceu entre as alternativas disponíveis de estratégia militar. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation develops a case study about the decision-making process through which the American military strategy in the Iraq War was chosen. To this end, I examine: (a) the governmental actors involved in national security issues, and their interaction; (b) each actor’s ideas about what kind of military strategy should be used in the Iraq War; (c) the legal and institutional framework for the decision-making process on national security; and (d) the political process that set the backdrop for decisionmaking on the American strategy in the Iraq War. Sources of evidence include official documents, statements by government authorities and declarations by government officials, as well as media vehicles and relevant literature. I analyze how the decisionmaking process on the type of force to be used in the Iraq War suffered a significant impact from the successful securitization initiative of terrorism in the US after the September 11th attacks. I observe that the linkage, advanced by the Bush Administration, between Saddam Hussein’s regime and American-targeted terrorism implied that decisions related to the Iraq War did not follow normal rules of decisionmaking and were therefore shaped by the interests of the most influential actors inside government. I conclude that the outcome of the decision-making process corresponded almost exclusively to the preferences of the civilian leadership of the Department of Defense. As a consequence, the idea of a Revolution in Military Affairs prevailed among the available alternatives of military strategy.
Additional Information: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, 2008.
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

This item is licensed under a Creative Commons License
Creative Commons

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
About Repository  |  FAQ  |  Statistics |  Authorization Term
Copyright © 2008 MIT & HP. All rights reserved.