Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15503
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_YesminCorreiaDiasdeAraujo.pdf3,11 MBAdobe PDFView/Open
Title: Uma adolescente, um diagnóstico de deficiência intelectual e a resolução de problemas matemáticos : histórias de exclusão e possibilidades de superação
Other Titles: A teenager, a diagnostic of intellectual disabilities and the resolution of mathematical problems : histories of exclusion and possibilities of overcoming
Authors: Araujo, Yesmin Correia Dias de
Orientador(es):: Gontijo, Cleyton Hércules
Assunto:: Deficiência intelectual
Educação inclusiva
Matemática - estudo e ensino
Matemática - problemas, exercícios, etc
Issue Date: 25-Apr-2014
Citation: ARAUJO, Yesmin Correia Dias de. Uma adolescente, um diagnóstico de deficiência intelectual e a resolução de problemas matemáticos: histórias de exclusão e possibilidades de superação. 2013. xvii, 186 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Este estudo tem como foco o desenvolvimento e a aprendizagem de pessoas com diagnóstico de deficiência intelectual. Essa população, por apresentar um funcionamento intelectual distinto, fica muitas vezes desacreditada diante de sua capacidade de aprender os conteúdos escolares, em especial, os da Matemática. Diante desse contexto, buscou-se na Psicologia Histórico-Cultural, em especial nos estudos de Vygotski (1997) sobre a defectologia, uma nova perspectiva para entender a pessoa intitulada deficiente intelectual, pautada em uma visão eussêmica/positiva de seu desenvolvimento; foram considerados, também, os pressupostos da Etnomatemática (D’AMBROSIO, 2005, 2006, 2009) que entende que o conhecimento matemático pode se expressar de diferentes formas em uma mesma cultura. Desse modo, compreende-se que cada indivíduo pode desenvolver seu próprio fazer matemático vinculado ao seu ser matemático latente (MUNIZ, 2006, 2009b). Levando-se em consideração esses aspectos, buscou-se analisar as produções de uma estudante do 5° ano do ensino fundamental, diagnosticada com deficiência intelectual, a fim verificar os processos de pensamento que emergem quando ela está em situação de resolução de problemas matemáticos. Para isso, analisou-se o histórico escolar da estudante na secretaria na escola onde ela está matriculada; identificou-se as concepções de aprendizagem e desenvolvimento das professoras da colaboradora de pesquisa; identificaram-se comportamentos e atitudes da estudante diante das atividades matemáticas propostas, analisando suas respostas gestuais, orais ou gráficas utilizadas na resolução dessas atividades. A partir desses objetivos, trabalhou-se dentro de uma abordagem qualitativa, com o estudo de caso e com a análise microgenética para tratar as informações construídas. Observou-se a estudante nos espaços escolares; a aluna e suas professoras foram entrevistadas; realizou-se análise documental do histórico escolar da aluna e das atividades matemáticas por ela realizadas no contexto escolar, bem como foram propostos a essa estudante problemas matemáticos com as ideias de adição e subtração. Concluiu-se que a estudante é tratada/vista com base em concepções sobrenaturais/naturalistas em que o foco da ação é voltado para o defeito e a normalização, e não para as possibilidades de desenvolvimento diverso, enquanto ser humano social-histórico-cultural. Dessa forma é oferecido à estudante um ensino reducionista dos conhecimentos matemáticos, voltados somente para a contagem e para os algoritmos da adição e da subtração, prejudicando sua aquisição do conceito de número e das ideias envolvidas nessas operações. Percebeu-se que, ao criar estratégias pedagógicas para favorecer a expressão do seu pensamento matemático, a aluna elaborou respostas orais e/ou escritas aos objetivos de ensino estabelecidos, baseadas em um pensamento aditivo de contagem um-a-um começando do número um. Neste contexto, entende-se que a sala de aula tem a possibilidade de tornar-se um espaço relacional baseado na alteridade, podendo garantir aprendizagens mútuas, principalmente por permitir criar espaços para reconstruir, reelaborar e ressignificar a prática pedagógica e o saber matemático. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study focuses on the development and learning of persons diagnosed with intellectual disabilities . This population , for presenting a distinct intellectual functioning , is often discredited before his ability to learn school subjects , in particular mathematics . In this context , we sought in the Historic-Cultural Psychology , especially in studies of Vygotsky ( 1997) on the defectology , a new perspective to understand the person entitled intellectual desible , based on a eussêmica / positive outlook for their development ; Another foundation for this study is the presupposition of the Ethnomathematics (D’AMBROSIO, 2005, 2006, 2009). The ethnomathematics understands that the mathematical knowledge can be addressed by different ways, in different cultures or inside a single culture. So, we understand that each subject may develop his own mathematical wage, biased by his latent mathematical being (MUNIZ, 2006, 2009b).Taking these aspects into consideration , we sought to examine the productions of a student of 5th year of elementary school , diagnosed with intellectual disabilities , in order to verify the thought processes that emerge when she is in a situation of mathematical problem solving . For this , we analyzed the academic record of the studentin the school secretary ; identified the conceptions of learning and development of teachers of collaborative research , we identified behaviors and attitudes of students on maths activities proposed , analyzing their gestures , oral or graphic responses used in resolving these activities . From these objectives , we worked inside a qualitative approach in the case study and the microgenetic analysis to treat the information constructed . Observed the student in school spaces , the student and their teachers were interviewed ; held documentary analysis of the student 's academic record and mathematics activities that occur in the school context , as well as have been proposed to this student mathematical problems with the ideas addition and subtraction . We concluded that the student is treated in a supernatural/naturalist conception, where the action focus is pointed to the normalization of the defect, and not to the possibilities of a diverse development, in the perspective of the social-historic-cultural human being. In this sense, it is offered for the student a teaching reductionist of the mathematical knowledge, targeting only the elementary processes of counting, addition or subtraction, damaging her acquisition of the concept of number and of the conceptual scenario the forms the background of some procedures like addition or subtraction. We saw that, while we created pedagogical strategies to support the expression of her mathematical thinking, the student offered oral and/or written answers to the pre-determined teaching objectives, based in a counting thinking of the addition, one-by-one, starting from the number one. In this context, we understand that the classroom has the possibility to become a relational space based on the otherness, which can guarantee mutual apprenticeship, mainly allowing the creation of spaces to rebuild, re-elaborate and to reframe the pedagogical use and the mathematical knowledge.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15503/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.