Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1541
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_Augusto_Cesar_L_Moura_Filho.pdf893,27 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Reinventando a aula : por um contexto cooperativo para a aprendizagem de inglês como língua estrangeira
Autor(es): Moura Filho, Augusto César Luitgards
Orientador(es): Bortoni-Ricardo, Stella Maris
Assunto: Língua inglesa - estudo e ensino
Aprendizagem cooperativa
Metodologia de ensino
Data de publicação: 31-Jul-2009
Referência: MOURA FILHO, Augusto César Luitgards. Reinventando a aula: por um contexto cooperativo para a aprendizagem de inglês como língua estrangeira. 2000. 116 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada)—Universidade de Brasília, Brasília, 2000.
Resumo: Esta dissertação é resultante de um trabalho de pesquisa voltado para a análise de estratégias cooperativas empregadas no ensino de língua inglesa como língua estrangeira e advoga a implantação dessas estratégias como uma alternativa às aulas convencionais de idiomas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa (Erickson, 1986) que tem como suporte metodológico, para a coleta e análise de dados, os referenciais da etnografia (Hammersley & Atkinson, 1983; Emerson et al., 1995; Fetterman, 1998; Sanjek, 1990; Cançado, 1994; Chaudron, 1995; Thomas, 1993; André, 1995; Burgess, 1984, 1991; May, 1997 e Watson-Gegeo, 1988, 1997). Os aspectos cooperativos em sala de aula foram abordados tendo como referenciais teóricos os textos de Vygotsky (1978), Nicolopoulou & Cole (1993), Nunan (1993), Gaies (1985), Bortoni (1988, 1997), Cazden (1988), Erickson (1989), Johnson et al. (1991), Niquini (1997), Ehrman & Dörnyei (1998) e High (1993). A pesquisa constata a presença de estratégias cooperativas na sala de aula pesquisada mas evidencia que, não raro, o contexto cooperativo ocorre de forma intuitiva e não como decorrência de ações planejadas pela professora ou aluno(a)s. Ao realçar a importância das estratégias cooperativas, a pesquisa constata que, para que o potencial delas realize-se o mais plenamente possível, é indispensável a capacitação do(a)s docentes a fim de que se habilitem a redimensionar suas práticas pedagógicas e, conseqüentemente, agreguem solidariedade à construção do saber. Pretendemos, ao apresentar esses resultados, promover a reflexão sobre a necessidade de se buscar alternativas que potencializem os resultados dos esforços do(a)s professore(a)s e aluno(a)s em situações de ensino-aprendizagem de inglês como língua estrangeira. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This thesis is the result of a research study geared towards the analysis of co-operative strategies used in the teaching of English as a foreign language and it seeks to advocate the implementation of these strategies as an alternative to conventional language classes. It is a qualitative study (Erickson, 1986) and for its methodology in the collection and analysis of data, it adopts ethnographic references (Hammersley & Atkinson, 1983; Emerson et al., 1994; Fetterman, 1998; Sanjek, 1990; Cançado, 1994; Chaudron, 1995; Thomas, 1993; André, 1995; Burgess, 1984, 1991; May, 1997 and Watson-Gegeo, 1988, 1997). Co-operative aspects in the classroom were considered based upon theoretical perspectives found in texts by Vygotsky (1978), Nunan (1993), Gaies (1985), Bortoni (1988, 1997), Cazden (1988), Erickson (1989), Johnson et al. (1991), Niquini (1997), Ehrman & Dörnyei (1998) and High (1993). The study registers the existence of co-operative strategies in the classroom studied. At the same time, however, it observes that, not rarely, the co-operative context occurs intuitively and not as a result of actions planned by the teacher or student(s). The research highlights the importance of co-operative strategies and proves that for these to be maximised, the training of teachers is fundamental in order for the same to remodel pedagogical practices and in turn bring solidarity to the construction of knowledge. By presenting these results, we seek to encourage reflection on the need to find alternatives that give full potential to teachers’ and students’ efforts in English as a foreign language teaching-learning situations.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, 2000.
Aparece nas coleções:PGLA - Mestrado em Linguística Aplicada (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons