Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15392
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_CristianeDecatBergerot.pdf6,58 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação de distress para identificação de fatores de risco e proteção na experiência oncológica : contribuições para estruturação de rotinas e programas em psico-oncologia
Authors: Bergerot, Cristiane Decat
Orientador(es):: Araújo, Tereza Cristina Cavalcanti Ferreira de
Assunto:: Câncer - tratamento
Psicologia
Qualidade de vida
Issue Date: 28-Mar-2014
Citation: BERGEROT, Cristiane Decat. Avaliação de distress para identificação de fatores de risco e proteção na experiência oncológica: contribuições para estruturação de rotinas e programas em psico-oncologia. 2013. viii, 199 f., il. Tese (Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Fatores como distress, ansiedade e depressão são associados ao impacto da vivência do câncer e repercutem negativamente na qualidade de vida do paciente oncológico. No decorrer dessa vivência, estratégias de enfrentamento são adotadas para melhor regulação e manejo desses fatores. O presente estudo objetivou descrever, analisar e compreender o impacto do distress na incidência de ansiedade e depressão, bem como sua nnplicação na qualidade de vida e nas estratégias de enfrentamento do paciente com câncer. A coleta de dados ocorreu em etapas preestabelecidas: primeiro dia (Tl), metade do tratamento (T2) e último dia de quimioterapia (T3). Para tanto, 200 participantes que iniciaram o tratamento em um centro privado em Brasília, no período de setembro/2010 a outubro/2012, e que concordaram em participar do estudo, assinaram o TCLE e responderam ao: questionário sociodemográfico; Termômetro de Distress (TD) e Lista de Problema (LP); Escala de Ansiedade e Depressão (HADS); Transtorno Geral de Ansiedade-7 (GAD-7); Questionário sobre a Saúde do Paciente-9 (PHQ-9); Functional Assessment of Chronic lUness Therapy- General (FACT-G); Inventário de Estratégias de Coping (IEC). Os procednnentos de análise de dados incluíram: análise estatística descritiva dos dados para caracterização da amostra e das variáveis categóricas (distress, ansiedade, depressão, qualidade de vida e enfrentamento); teste qui-quadrado para detennmar a probabilidade de ocorrência do distress; ANOVA-MR, a fim de verificar a matriz de variância e covariância; regressão logística para avaliar o poder discriminatório preditivo quanto à gravidade do distress; análise das propriedades psicométricas das escalas de ansiedade e depressão. Dentre as características descritivas da amostra, venfieou-se uma idade média de 56,8 anos, predommâneia do sexo feminino (69,5%), de pessoas casadas (63%) e com escolaridade de nível superior (55%). Cáncer de mama e hematológico foram os mais meidentes; 59,5% apresentavam diagnóstico em estadiamento avançado (III e IV). Quanto à incidência de distress, ansiedade e depressão, houve queda gradual ao longo das avaliações. A proporção da queda, para mcidência de distress em T2 foi de 78.1% e em T3 de 89,4%. Resultado semelhante foi encontrado para a frequência de itens reportados na LP: ocorrendo o inverso com os escores de qualidade de vida, que aumentaram, mesmo com os pacientes em vigência da qiuimoterapia e de seus efeitos colaterais. Ademais, alto distress associou- se a um maior número de problemas repollados, à presença de Transtorno de Ansiedade e/ ou Depressão, a pior qualidade de \ida e a estratégias de enfrentamento como confronto e fuga-esquiva. Foram variáveis predi toras de baixo distress as estratégias de enfrentamento, afastamento, resolução de problema e reavaliação positiva. Na análise psieométnca, GAD-7 foi a escala mais indicada para ansiedade e a HADS-D para depressão. A rotina de avaliação de distress possibilitou a obtenção de mfonnações acerca da vivência do tratamento por paite da história dos pacientes, que direcionaram as condutas estabelecidas pela equipe e nortearam futuras avaliações. A partir dos resultados, recomenda-se a utilização do protocolo de avaliação de distress na rotina do serviço de Psico-Oncologia. É possível contnbuir, assim para o estabelecimento de uma assistência integral e multidisciplinar que norteie a organização de serviços oncólogicos. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Factors such as distress, anxiety and depression are associated with the impact of cancer experience and reflect negatively on the quality of life of the cancer patients. In the course of this experience, coping strategies are adopted for better regulation and management of these factors. The present study aimed to describe, analyze and understand the impact of distress on the incidence of anxiety and depression, as well as their repercussion in the quality of life and coping strategies of cancer patients. Data assessment were performed in pre-established phases: first day (Tl), half-treatment (T2) and in the last day of chemotherapy (T3). To this purpose, 200 participants that began treatment in a private cancer center in Brasilia, between September, 2010 to October, 2012, and that agreed to participate in this study, signed an informed consent and answered to: sociodemographic questionnaire; Distress Thermometer (DT) and Problem List (PL); Hospital Anxiety and Depression Scale; General Anxiety Disorder-7 (GAD-7); Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9); Functional Assessment of Chronic Illness Therapy-General (FACT-G); Ways of Coping Questionnaire (WOC). The data analysis procedures included, data’s descriptive statistical analysis to characterize the sample and also the categorical variable (distress, anxiety, depression, quality of life and coping); chi-square test to determine the probability of distress occurrence; ANOVA-RM in order to check the variance and covariance matrix; logistic regression to assess the discriminatory power related to the distress severity; analysis of the psychometric properties of anxiety and depression’s scales. Among the descriptive characteristics of the sample, it was found a middle age of 56.8 years old, predominance of female gender (69.5%), married people (63%) and college degree education (55%). Breast and hematological cancer prevailed; 59.5% had diagnosis in advanced stage (HI and IV). As for the incidence of distress, anxiety and depression, there was a gradual fall throughout assessments. The proportion of distress incidence decrease was 78.1% in T2 and 89.4% in T3. A similar result was obtained for items frequencies in the PL; unversed for quality of life scores, which mcreased even in patients under chemotherapy and its side effects. Furthermore, high distress was associated to an elevated number of problems reported, to the presence of Anxiety and/or Depression Disorder, to a worse quality of life and to a coping strategies such as confrontation and escape-avoidance. Were predictors of low distress coping strategies as distancing, problem solving and positive reappraisal. Regarding psychometric analysis, GAD-7 was the indicated scale for anxiety assessment and HADS-D for depression. The assessment routine of distress made it possible to obtain information about the treatment experience by patient history, which direct the conduct stablished by the team and guide future assessments. From the results, it is recommended to use the distress assessment guidelines in the routine of the Psycho- Oncology service. It is possible to contribute to the establishment of a comprehensive and multidisciplinary assistance that guides the cancer services structure.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PED - Doutorado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15392/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.