Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15231
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_KarineNairSousadeOliveira.pdf80,68 MBAdobe PDFView/Open
Title: As narrativas dos alunos sobre a experiência da visita escolar ao jardim zoológico de Brasília
Authors: Oliveira, Karine Nair Sousa de
Orientador(es):: Carneiro, Maria Helena da Silva
Assunto:: Educação
Atividade extraescolar
Zoológico
Narrativas pessoais
Issue Date: 24-Feb-2014
Citation: OLIVEIRA, Karine Nair Sousa de. As narrativas dos alunos sobre a experiência da visita escolar ao jardim zoológico de Brasília. 2013. 150 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A proposta deste estudo foi conhecer, verificar e compreender o significado que alunos do sétimo ano do ensino fundamental atribuem a experiência da visita escolar ao jardim zoológico. Assim, levou-se em consideração a perspectiva do aluno sobre o tema, considerando as informações que já possuem, crenças e conhecimentos socialmente elaborados sobre esse espaço. Nesse sentido, foi trabalhada a produção de significado como expressão do pensamento sobre o estudo de narrativas dos aluno à luz da psicologia popular e cultural preceituada por Jerome Bruner. Os resultados mostraram que os significados produzidos pelos alunos referente a atividade extraescolar no zoológico vão além da atribuição de valor de local de lazer e visitação. Foram encontradas em todas narrativas analisadas evidências que os alunos atribuem função de local de busca de conhecimento e em diversas narrativas o papel importante de “cuidar da natureza” desempenhado pelo zoológico. No panorama de representações dos alunos há evidências claras da coexistência de pelo menos três, das quatro, representações difundidas pelos próprios jardins zoológicos: lazer, educação e conservação sendo a função pesquisa a exceção. É possível que essa gama de justificavas, que foi reconhecida nas narrativas dos alunos extrapolem a percepção individual e alcancem o nível da psicologia cultural. Da mesma forma , reconhecemos que a manutenção desses espaços se legitimou ao longo dos tempos em diversas culturas por serem ora reconhecidos como locais em prol da ciência, ora em prol da educação, diversas vezes por propiciarem entretenimento as populações ou ainda de maneira mais contemporânea, justificando sua existência, para apoiar na conservação das espécies. Suas significações atravessaram por gerações, mantendo sempre sua função primária de expositores de animais e a percepção de que a instituição jardim zoológico é bastante antiga em termos de participação da vida em sociedade, em relação ao uso desse espaço como instrumento para educação. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The purpose of this study was to identify, verify and understand the meaning of seventh-grade level students attribute to their experience of school visit to the zoo. Thus, we took into account the student's perspective on the topic, considering the socially produced information beliefs and knowledge they already recognize about this space. In this sense the notion of “meaning” that was adopted in this work to study the students’ narratives was the “expression of the mind” in the light of Jerome Bruner’s concepts of popular psychology and cultural psychology. The results showed that the meanings produced by the students regarding their extra school activities in the zoo evidence that their meaning about the zoo go beyond of recreation and visitation place. All narratives evidenced that students attach to the Zoo the function of knowledge’s seeking place and several narratives attributed the important role of "nature conservation" played by the zoo. In regards to the representations of students, there are clear evidences of the coexistence of the four different representations disseminated by the Zoos: recreation, education, research and conservation. It is possible to understand that the range of justifications recognized in the student’s narratives extrapolates individual perceptions and reach the level of cultural psychology. Likewise we recognize that the survival of zoos throughout the time and cultures was due to legitimization by societies that they are places of science and/or education, also places where populations can be entertained and in a more contemporary time Zoos are justifying their existence due to their roles in species conservation. Their meanings crossed several generations, while maintaining its primary function of animals’ exhibits, however, it is important to emphasize the quite old perception that the zoological institution plays an active social role as an space and tool for education.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15231/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.