Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15163
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_BarbaraPontesCerqueiraUzel.pdf3,65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Estudo comparativo randomizado cego para avaliar a eficácia e segurança da infiltração intralesional com minoxidil 0,5% versus placebo no tratamento da alopecia androgenetica feminina
Autor(es): Uzel, Barbara Pontes Cerqueira
Orientador(es): Costa, Izelda Maria Carvalho
Assunto: Calvície
Infiltração
Medicamentos
Data de publicação: 13-Fev-2014
Referência: UZEL, Barbara Pontes Cerqueira. Estudo comparativo randomizado cego para avaliar a eficácia e segurança da infiltração intralesional com minoxidil 0,5% versus placebo no tratamento da alopecia androgenetica feminina. 2013. 172 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Introdução: A alopecia androgenética feminina (AAGF) é a principal causa de alopecia entre as mulheres. Apesar de representar uma fonte de estresse significativa, gerando grande impacto negativo na qualidade de vida, a AAGF ainda não conta com o tratamento ideal. Embora o minoxidil em solução tópica 2% ou 5% seja a principal droga no arsenal terapêutico, a adesão ao tratamento é, via de regra, insatisfatória. A infiltração intralesional tem sido citada de forma anedótica como uma alternativa de tratamento eficaz, que oferece resultados mais rápidos, aumentando a adesão ao tratamento. Objetivos: Avaliar a eficácia e o perfil de segurança da infiltração intralesional com solução de minoxidil 0,5% no tratamento da AAGF. Métodos: Em um estudo de intervenção, paralelo, randomizado, cego, 58 pacientes do sexo feminino entre 18 e 65 anos diagnosticadas com AAGF através de critérios clínicos, dermatoscópicos e histopatológicos, foram submetidas a sessões semanais de infiltação intralesional com minoxidil ou placebo, durante 10 semanas. Um grupo recebeu aplicações de minoxidil 0,5%/02ml e o outro recebeu aplicações de placebo (soro fisiológico 0,9%/02ml). Índice terminal:vellus (T:V), percentual de fios anágenos, telógenos e distróficos, densidade capilar e número total de fios, além de um questionário de autoavaliação foram realizados antes e 06 semanas após as aplicações, como métodos de avaliação da resposta ao tratamento. Resultados: No grupo tratado, o índice T:V aumentou em uma média de 2,6 para 3,8 (p< 0,001) e o percentual de anágenos em uma média de 69,9% para 78,5% (p=0,048). Já o percentual de telógenos decresceu de 21,1% para 16,1%, enquanto no grupo que recebeu placebo, tal quantitativo elevou-se de 18,4% para 21,0% (p=0,044). Entre as pacientes tratadas, 69,7% consideraram que houve diminuição na queda dos cabelos (p=0,028) e 50% consideraram que houve algum grau de melhora no volume (p=0,021), enquanto no GP, 25% consideraram que houve piora no volume. Apenas 03 (5,6%) pacientes apresentaram cefaléia e não foram documentados efeitos adversos sérios, nem hipertricose. Conclusão: A infiltração intralesional com minoxidil a 0,5% mostrou-se superior ao placebo no tratamento da AAGF. E ainda, apresentou-se como um tratamento bem tolerado e com bom perfil de segurança. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: Female androgenetic alopecia (FAGA) is the leading cause of alopecia in women. Though a significant source of stress, generating large negative impact on quality of life FAGA still lacks the ideal treatment. Despite the minoxidil topical solution 2% or 5% is the main drug in the therapeutic arsenal, adherence to treatment is usually unsatisfactory. The intralesional injection has been cited in anecdotal form as an alternative effective treatment that offers faster results, increasing treatment compliance. Objectives: To evaluate the efficacy and safety of intralesional injection with 0.5% minoxidil solution in the treatment of FAGA. Methods: In an parallel interventional, randomized, single-blinded study, 58 female patients between 18 and 65 years diagnosed with FAGA by clinical, dermoscopic and histopathological criterias, underwent intralesional injection sessions weekly for 10 weeks. One group received applications of minoxidil 0.5% / 02ml and other received 0.9% saline / 02ml. Terminal to vellus ratio (T:V), percentage of anagen, telogen and dystrophic, hair density and total hair count, and a self-assessment questionnaire were performed before and 06 weeks after treatment for assessment. Results: In the minoxidil group, the T:V ratio increased from 2.6 to 3.8 (p < 0.001) and percent of anagen on average 69.9% to 78.5 % (p = 0.048). The percentage of telogen decreased from 21.1% to 16.1%, whereas in the placebo group this number increased from 18.4 % to 21.0 % (p = 0.044). Among the treated patients, 69.7% felt that there was a decrease in hair loss (p = 0.028) and 50% felt that there was some improvement in volume (p = 0.021), while in GP, 25% considered that worsened hair density. Only 03 (5.6%) patients had headache and no serious adverse effects have been documented, or hypertrichosis. Conclusion: The intralesional injection with 0.5% minoxidil was superior to placebo in the treatment of FAGA. Furthermore, proved to be a well-tolerated treatment and good safety profile.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.