Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15085
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_LunalvaAurelioPedrosoSallet.pdf2,49 MBAdobe PDFView/Open
Title: Seleção de estirpes de Bacillus thuringiensis para o controle de Alphitobius diaperinus (Coleoptera : Tenebrionidae)
Other Titles: Selection of Bacillus thuringiensis strains for the control Alphitobius diaperinus (Coleoptera: Tenebrionidae )
Authors: Sallet, Lunalva Aurélio Pedroso
Orientador(es):: Monnerat, Rose Gomes
Assunto:: Bacillus thuringiensis
Insetos como agentes no controle biológico de pragas
Pragas - controle biológico
Agentes no controle biológico de pragas
Issue Date: 3-Feb-2014
Citation: SALLET, Lunalva Aurélio Pedroso. Seleção de estirpes de Bacillus thuringiensis para o controle de Alphitobius diaperinus (Coleoptera : Tenebrionidae). 2013. xvii, 92 f., il. Tese (Doutorado em Biologia Molecular)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A avicultura industrial brasileira destaca-se como uma das atividades mais dinâmicas no país, entretanto os ataques de insetos-praga estão aumentando e preocupando os produtores. Dentre estas pragas avícolas, destaca-se o Alphitobius diaperinus (Panzer, 1797) (Coleoptera: Tenebrionidae), popularmente conhecido como cascudinho da cama de frangos. Uma alternativa para o controle desses insetos é a utilização de agentes de controle biológico, como Bacillus thuringiensis, bactéria que sintetiza diferentes proteínas tóxicas a muitas pragas. O objetivo deste trabalho foi identificar e caracterizar estirpes de B. thuringiensis tóxicas ao cascudinho da cama de frangos. Este trabalho está dividido em quatro etapas. Na primeira foi feita uma revisão sobre avicultura, A. diaperinus e B. thuringiensis, ecologia e modo de ação. Na segunda parte descreve o estabelecimento de uma criação massal de A. diaperinus em laboratório. Esta criação está estabelecida e encontra-se na oitava geração de laboratório, fato ainda não descrito na literatura. A terceira parte descreve a identificação de estirpes tóxicas a A. diaperinus, a caracterização bioquímica e molecular, a toxicidade das estripes e a ligação das toxinas a proteínas localizadas na borda escovada de células do intestino médio de A. diaperinus. Foram testadas 193 estirpes de B. thuringiensis e dessas duas estirpes se destacaram: a estirpe nativa S1806 que causou 60% de mortalidade e a estirpe de B. thuringiensis recombinante S2492 que causou mortalidade de 80% a A. diaperinus. Os resultados obtidos no ensaio de ligação com as membranas contendo as BBMV’s das larvas de A. diaperinus demonstraram ligações à marcação com biotina das proteínas Cry10, Cry1Ab e Cry4B, sendo a marcação mais forte com a proteína Cry10. A quarta parte descreve o estabelecimento de um marcador para a identificação de A. diaperinus. Para este estudo foi utilizado oligonucleotídios de mtDNA, seguido de análises por PCR-RFLP que apresentaram perfis eletroforéticos, que permitiram o estabelecimento de um marcador para identificação de A. diaperinus. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Brazilian poultry industry stands out as one of the most dynamic in the country, however the attacks of insect pests are increasing and worrying producers. Among these pests poultry, highlight the Alphitobius diaperinus (Panzer, 1797) (Coleoptera: Tenebrionidae), popularly known as mealworm from broiler litter. An alternative for the control of these insects is the use of biological control agents such as Bacillus thuringiensis, a bacterium that synthesizes proteins toxic to many different pests. The aim of this study was to identify and characterize strains of B. thuringiensis toxic to catfish from broiler litter. This paper is divided into four stages. The first was made a revision on poultry, A. diaperinus and B. thuringiensis, ecology and mode of action. The second part describes the establishment of a mass rearing of A. diaperinus laboratory. This creation is established and is the eighth generation of the laboratory, a fact not yet described in the literature. The third section describes the identification of strains toxic to A. diaperinus, the biochemical and molecular characterization, the toxicity of strains and toxins binding to proteins located on the edge brushed midgut cells of A. diaperinus. 193 were tested strains of B. thuringiensis strains and these two stood out: S1806 native strain that caused 60 % mortality and strain of B. thuringiensis recombinant S2492 that caused 80% mortality to A. diaperinus . The results of the binding assay with membranes containing the BBMV 's larvae of A. diaperinus connections shown biotin labeling of proteins Cry10 , Cry1Ab and Cry4B , the marking being stronger with the protein Cry10 . The fourth section describes the establishment of a marker identifying A. diaperinus. For this study we used primers of mtDNA, followed by PCR-RFLP analysis showed that electrophoretic profiles, allowing the establishment of a marker for identification of A. diaperinus.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CEL - Doutorado em Biologia Molecular (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15085/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.