Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14961
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_RedesPredicativasInferências.pdf385,75 kBAdobe PDFView/Open
Title: Redes predicativas e inferências lexicais (uma alternativa à lógica formal na análise de línguas naturais)
Other Titles: Predicative nets and lexical inferences (an alternative to formal logic in the analysis of natural languages)
Authors: Silva Filho, Olavo Leopoldino da
Cabrera, Julio
Assunto:: Lógica
Inferência (Lógica)
Análise lingüística
Lexicologia
Issue Date: Aug-2006
Publisher: Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Citation: OLAVO, L. S. F.; CABRERA, Julio. Redes predicativas e inferências lexicais (uma alternativa à lógica formal na análise de línguas naturais). Filosofia Unisinos, São Leopoldo, v. 7, n. 2, p. 144-167, maio/ago. 2006. Disponível em: <http://revistas.unisinos.br/index.php/filosofia/article/view/6095>. Acesso em: 13 jan. 2014.
Abstract: Este trabalho é um resumo das principais idéias expostas em nosso livro “Inferências lexicais e Interpretação-rede de predicados”. Essas idéias são as seguintes: o uso de lógica formal por parte dos lingüistas tem herdado duas de suas escolhas teóricas mais características: o sentencialismo (a crença na sentença como unidade mínima de análise de inferências) e a divisão rígida entre “vocabulário lógico” e “vocabulário extralógico”. Nosso trabalho pretende mostrar, em primeiro lugar, que estas são simples escolhas e não necessidades teóricas ou técnicas fatais; em segundo lugar, que uma lógica e uma lingüística que seguem acriticamente estas escolhas serão pobres demais para dar conta de infinidade de inferências, baseadas em conexões lexicais, que se fazem constantemente nas línguas naturais. Na sua parte construtiva, o trabalho apresenta novos aparatos de análise formal de inferências: categorias de pensamento, modos de vinculação predicativa e redes, entre outros. Este instrumental, além da análise de inferências, também permite definições das principais noções da semântica: sentido, sinonimia, analítico, sintético, etc. Na parte teórica do trabalho, apresenta-se um posicionamento da presente abordagem com relação a outras abordagens sobre conexões lexicais já conhecidas na literatura (Carnap, Wittgenstein, Grice, teoria de atos de fala e Jerrold Katz). _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper gives a brief account of the main ideas of our book on “Lexical inferences and net-interpretation of predicates”. In their applications of modern formal logic in their work, linguists naturally adopt two typical options: sententialism (sentences as the primary units in the analysis of inferences), and the clear-cut distinction between “logical” and “extra-logical” vocabulary. The paper tries to show first that this is only a choice, not a necessary theoretical or technical attitude. Secondly, that this kind of choice will considerably weaken both logical and linguistic analysis of inferences based on lexical connections, which are common in natural language. In the constructive part, new technical tools of formal analysis of inferences are introduced, such as categories of thought, modes of predicative connections and nets. All these instruments serve also to provide definitions of some of the main traditional semantic notions, such as sense, synonymy, analytic, synthetic, etc. In the theoretical part, the authors take a position concerning other approaches to lexical connections in the classical literature (Carnap, Wittgenstein, Grice, Speech Acts theory and Jerrold Katz).
Licença:: Filosofia UNISINOS - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 (CC BY). Permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho e adaptá-lo. Permite fazer uso comercial. Fonte: http://revistas.unisinos.br/index.php/filosofia/article/view/6095. Acesso em: 07 jan. 2014.
Appears in Collections:FIL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14961/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.