Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1493
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_GianiSilvanaSCezimbra_parcial.pdf1,11 MBAdobe PDFView/Open
Title: Há associação entre a maturação sexual feminina precoce e a exposição a condições de vulnerabilidade como o início sexual precoce, incidência de DST, gravidez e violência sexual na adolescência?
Authors: Cezimbra, Giani Silvana Schwengber
Orientador(es):: Campos Júnior, Dioclécio
Assunto:: Adolescentes
Gravidez na adolescência
Comportamento sexual
Doenças sexualmente transmissíveis
Violência sexual
Issue Date: 30-Jun-2008
Citation: CEZIMBRA, Giani Silvana Schwengber. Há associação entre a maturação sexual feminina precoce e a exposição a condições de vulnerabilidade como o início sexual precoce, incidência de DST, gravidez e violência sexual na adolescência?. 2008. 235 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Introdução: As adolescentes têm sido estimuladas a postergar a função reprodutiva para quando se tornarem independentes, devendo priorizar os estudos e a qualificação profissional. Enquanto isso, a menarca, que é um sinal biológico do amadurecimento da função sexual, vem ocorrendo progressivamente mais cedo, assim como a iniciação sexual. A ocorrência da menarca não está diretamente relacionada à maturidade psicoemocional e social. A maturação sexual em idades cada vez mais precoces parece estar relacionada à maior exposição das adolescentes a diversas condições de vulnerabilidade, entre elas, o despreparo para a iniciação sexual, a suscetibilidade às DST, a gravidez não planejada e a violência sexual. Métodos: Foram atendidas 201 adolescentes no ambulatório de ginecologia de uma unidade básica de saúde do Distrito Federal, onde responderam a um questionário durante as consultas. Para calcular a associação, foram consideradas a menarca como variável independente; DST, a idade da primeira relação sexual, da primeira gravidez e a ocorrência de violência sexual entre as variáveis dependentes. Aplicados os testes estatísticos de coeficiente de correlação de Pearson e Mann-Whittney para avaliar a associação entre as variáveis e o p-valor para avaliar a significância. Resultados: A média da idade da menarca foi menor entre as adolescentes que engravidaram (Pearson= 0,32527) e p= 0,0004 e viveram situações de violência sexual p= 0,0008. Em relação à idade da menarca e da 1ª relação sexual, a correlação de Pearson foi de 0,38371 e o p= 0,0001, indicando que há associação entre as duas variáveis. Quanto às DST, a associação não teve significância estatística. Conclusão: Os resultados deste estudo demonstram que há associação entre a idade da maturação sexual e da menarca com a idade de iniciação sexual, com a incidência de gravidez e com a vivência de violência sexual, podendo ser considerada como mais um fator de vulnerabilidade na adolescência. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: The teenagers have been encouraged to postpone the reproductive function for when they become independent and should prioritize the studies and professional qualification. Meanwhile, the menarche, which is a sign of maturity of biological sexual function, is occurring progressively earlier, as well as sexual initiation. The occurrence of menarche is not directly related to psicoemocional and social maturity. The sexual maturity at ever earlier ages seems to be related to increased exposure of adolescents to various conditions of vulnerability, including the unpreparedness for sexual initiation, the susceptibility to STDs, pregnancy and sexual violence not planned. Methods: There were 201 teenagers attended the clinic of gynecology a basic health unit of the Federal District, where he answered a questionnaire during the consultations. To calculate the association, were considered the menarche as independent variable; DST, age of first sexual intercourse, the first pregnancy and the occurrence of sexual violence between the dependent variable. Applied statistical tests of Pearson's correlation coefficient and Mann-Whittney to assess the association between the variables and p-value for assessing the significance. Results: The average age of menarche was lower among adolescents who became pregnant (Pearson = 0.32527) p = 0.0004 and lived situations of sexual violence p = 0.0008. In the age of menarche and 1 st sexual relationship, the correlation of Pearson was 0.38371 eop = 0.0001, indicating that association between the two variables. As for STDs, the association was not statistically significant. Conclusion: The results of this study show that there are association between the age of sexual maturation and menarche at the age of sexual initiation, with the incidence of pregnancy and with the experience of sexual violence and may be regarded as another factor of vulnerability in adolescence.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2008.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1493/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.