Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14929
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_EficienciaAlavancagemOperacional.pdf682,97 kBAdobe PDFView/Open
Title: Eficiência e alavancagem operacional sob concorrência perfeita : uma discussão com base nas abordagens contábil e econômica
Other Titles: Efficiency and operating leverage under perfect competition : reconciling the approaches of economics and accounting
Authors: França, José Antonio de
Lustosa, Paulo Roberto Barbosa
Assunto:: Alavancagem (Finanças)
Mercado competitivo
Concorrência - empresas
Issue Date: Sep-2011
Publisher: FACE - Universidade de Brasília
Citation: FRANÇA, José Antonio de; LUSTOSA, Paulo Roberto Barbosa. Eficiência e alavancagem operacional sob concorrência perfeita: uma discussão com base nas abordagens contábil e econômica. Contabilidade, Gestão e Governança, Brasília, v. 14, n. 3, p. 60 - 76, set./dez. 2011. Disponível em: <http://www.cgg-amg.unb.br/index.php/contabil/article/view/398>. Acesso em: 06 jan. 2014.
Abstract: Este artigo tem por objetivo discutir a compatibilização entre as visões da Economia e da Contabilidade sobre o nível de produção que maximiza o lucro da firma, quando esta opera em mercados competitivos. Na visão da Economia, o lucro é maximizado no nível de produção em que receita e custo marginais se igualam. A Contabilidade carece de teoria estruturada e abrangente sobre a eficiência da firma. A metodologia adotada utiliza técnicas de derivação e análise gráfica do modelo matemático que relaciona o GAO – Grau de Alavancagem Operacional – com o lucro contábil. Teorias e conceitos econômicos de eficiência competitiva são confrontados com a visão contábil de alavancagem operacional com base na tradicional análise linear Custo-Volume- Lucro. A curva GAO – Grau de Alavancagem Operacional em função do lucro contábil, derivada dessa análise, tem característica monotônica e decrescente, impedindo a determinação, por técnicas de derivação, do ponto de mínimo do GAO que maximiza o lucro. Contudo, a análise gráfica dessa curva permite concluir, por indução matemática, que a firma maximiza o lucro para GAO = 2, e não sob desalavancagem total (GAO = 1), pois este não é factível na teoria e na prática. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper discusses the reconciliation of the views of Economics and Accounting with respect to the level of production that maximizes firm profit under conditions of perfect competition. The position of the field of Economics is that profit is maximized at the level of production in which marginal costs and marginal revenues are equal. The field of Accounting as yet has no comprehensive, structured theory of firm efficiency. In the study undertaken and reported here, we used derivatives techniques and graphical analysis of the mathematical model that relates DOL – Degree of Operating Leverage – and accounting earnings. Economics concepts and theories on firm efficiency are compared with the traditional linear Cost-Volume-Profit accounting analysis of operational leverage. The curve of DOL as a function of accounting earnings derived from this analysis is decreasingly monotonic, which prevents determination, using derivative techniques, of the minimal DOL that maximizes profit. However, the graphical analysis of the same curve permits the conclusion, on the basis of mathematical induction, that a firm maximizes its profit when DOL = 2, and not DOL = 1 (totally unlevered), which is neither theoretically nor practically feasible.
Licença:: Revista Contabilidade, Gestão e Governança - Autorização concedida ao Repositório da Universidade de Brasília (RIUnB) pelo editor da revista, em 16/11/2010, com os seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:CCA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14929/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.