Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14829
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_AdrianoRiosdaSilva.pdf2,64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Transmissão sexual do Trypanosoma cruzi em Mus musculus
Autor(es): Silva, Adriano Rios da
Orientador(es): Araújo, Nadjar Nitz Silva Lociks de
Coorientador(es): Hecht, Mariana Machado
Assunto: Doenças sexualmente transmissíveis
Trypanosoma cruzi
Chagas, Doença de
Data de publicação: 11-Dez-2013
Referência: SILVA, Adriano Rios da. Transmissão sexual do Trypanosoma cruzi em Mus musculus. 2013. 77 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: A doença de Chagas é uma patologia que acomete milhares de pessoas no mundo inteiro, principalmente no continente Americano. O Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas, é transmitido principalmente pelo inseto triatomíneo durante o repasto sanguíneo. Além da transmissão vetorial, a doença de Chagas pode ser adquirida por via transfusional, congenital ou pelo consumo de alimentos contaminados. A possibilidade da transmissão sexual da doença de Chagas foi sugerida por Carlos Chagas em 1909, entretanto, poucos trabalhos foram publicados sobre o tema desde então. O presente trabalho teve como objetivo investigar a transmissão sexual do Trypanossoma cruzi no modelo experimental murino. Para isso, foram feitos testes parasitológicos, sorológicos e moleculares em 20 camundongos infectados e em seus parceiros sexuais, inicialmente sadios. Os resultados mostraram que após o acasalamento com animais infectados, os parceiros sexuais apresentaram testes sorológicos positivos em 60% dos casos, enquanto que o DNA nuclear do parasito foi identificado no sangue dos animais analisados. Além disso, duas fêmeas inicialmente sadias apresentaram testes de hemocultura positivos após acasalarem com machos infectados, confirmando assim a trasmissão sexual do T. cruzi. Os resultados dos testes sorológicos e moleculares dos filhotes mostraram uma discrepância entre a sorologia e os resultados de PCR, sendo que o teste molecular apresentou uma maior sensibilidade. A taxa de infecção congênita obtida pelos métodos sorológicos revelaram que 14% dos filhotes provenientes dos Grupos A e B adquiriram a infecção, enquanto que o teste de PCR demonstrou uma positividade de 58%. A análise histopatológica não foi capaz de mostrar a presença de ninhos de amastigotas no coração dos animais infectados, tanto pela via intraperitonial, como pela via sexual. No entanto, pôde-se observar a presença de extenso infiltrado inflamatório destruindo as fibras cardíacas em todos os animais infectados. A análise de imunohistoquímica realizada em cortes histológicos de testículos de camundongos infectados revelou uma grande quantidade de formas amastigotas no túbulo seminífero e epidídimo. A capacidade de infecção do sêmem proveniente de indivíduo infectado pelo T. cruzi foi verificada. As análises histopatológicas mostraram a presença de ninhos de amastigotas no coração de fêmeas infectadas a partir da inoculação intra-vaginal de sêmen humano. Dessa forma, nossos resultados mostram que ocorreu transmissão sexual do Trypanosoma cruzi em camundongos.
Abstract: Chagas disease is a condition that affects thousands of people worldwide, mainly in the Americas. Trypanosoma cruzi, etiologic agent of Chagas disease, is transmitted primarily by triatomine insect during blood feeding. Besides vetorial transmission, Chagas disease can be acquired by blood transfusion, congenital or by consumption of contaminated food. The possibility of sexual transmission of Chagas disease has been suggested by Carlos Chagas in 1909, however, few studies have been published on the subject since then. The present study aimed investigate sexual transmission of Trypanosoma cruzi in experimental murine model. For this, parasitological, serological and molecular infected mice and their sexual partners, initially healthy. The results showed that after mating with animals infected sexual partners serological tests showed positive in 60% of cases, while the nuclear DNA of the parasite was identified in blood from all animals analyzed. In addition, two healthy females initially showed positive blood culture tests after mating with infected males, thus confirming the sexually transmitted T. cruzi. The results of serological and molecular tests of pups showed a discrepancy between serology and PCR results, and the molecular test showed a higher sensitivity. Congenital infection rate obtained by serological methods showed that 14% of the from Groups A and B acquired infection, whereas the PCR test showed an 58% positivity. Histopathological analysis was not able to show the presence of nests of amastigotes in the hearts of infected animals, either by intraperitoneal as through sex. However, it was observed the presence of extensive inflammatory infiltrate destroying cardiac fibers in all infected animals. Immunohistochemical analysis performed in histological testis infected mice revealed a large amount of amastigotes in seminiferous tubule and epididymis. The ability of infection semen from individual infected with T. cruzi was verified. The histopathological analysis showed the presence of nests of amastigotes in the heart of infected females from intravaginal inoculation of human semen. Thus, our results show that there was sexual transmission of Trypanosoma cruzi in mice.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2013.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.