Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14820
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CasoBancoPanamericano.pdf236,73 kBAdobe PDFView/Open
Title: O caso do banco Panamericano sob o ponto de vista da ética
Other Titles: The case of the Panamericano bank from the ethics standpoint
Authors: Ferreira, Brenno Lima
Lustosa, Paulo Roberto Barbosa
Assunto:: Ética
Perícia contábil
Banco Panamericano
Bancos - dívidas
Issue Date: Jan-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Brenno Lima; LUSTOSA, Paulo Roberto Barbosa. O caso do banco Panamericano sob o ponto de vista da ética. Revista ambiente contábil, Natal, v.4, n.1, p.17–35, jan./jun. 2012. Disponível em: <http://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/1906/1333>. Acesso em: 10 dez. 2013.
Abstract: Em novembro de 2010 o Grupo Silvio Santos obteve com o Fundo Garantidor de Crédito um empréstimo de R$ 2,5 bilhões, com a finalidade de regularizar a situação patrimonial do Banco Panamericano. A necessidade de obtenção desse empréstimo veio da descoberta, pelo Banco Central, de inconsistências contábeis nas demonstrações do banco. Este trabalho descreve e analisa, do ponto de vista da ética, os fatos já divulgados sobre o caso das inconsistências contábeis encontradas nas demonstrações do Banco Panamericano, com o objetivo de concluir se as decisões tomadas pelos administradores do banco, pela Caixa Econômica Federal e pelos auditores independentes foram eticamente corretas. Para isso, foi utilizada uma estrutura de avaliação ética descrita por Merchant e Van der Stede (2007), que consiste em seis passos, da identificação do dilema ético à avaliação das decisões tomadas. A partir da análise realizada foi possível concluir que os administradores do Banco Panamericano, por falta de integridade e de coragem; os administradores da Caixa Econômica Federal, por tratarem desigualmente e beneficiarem uma empresa específica; bem como os auditores independentes, por não cumprirem suas obrigações de realizar uma análise contábil de qualidade; tomaram decisões que não refletem uma atitude ética. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In november 2010, the Silvio Santos Group loaned R$ 2.5 billion from the Fundo Garantidor de Crédito, in order to settle the assets of the Panamericano Bank. The loan became necessary after the Central Bank of Brazil found accounting inconsistencies in the statements of the Panamericano Bank. This paper describes and analyzes, from the standpoint of ethics, the facts already disclosed on the case of the inconsistencies found in the financial statements of Panamericano Bank, in an attempt to conclude whether the decisions made by the administrators of the bank, the Caixa Econômica Federal, and the independent auditors were ethically correct. For that, a method of ethical evaluation described by Merchant and Van der Stede was used. It consists of six steps, starting with the identification of the ethical dilemma and ending with the evaluation of the decisions made. The analysis made it possible to conclude that the administrators of Panamericano Bank, of Caixa Econômica Federal and the independent auditors made decisions that on an ethical perspective were immoral.
Licença:: Revista Ambiente Contábil - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Fonte: http://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/1906/1333
Appears in Collections:CCA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14820/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.