Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14569
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_GerenciamentoResultadosBancos.pdf538,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
ARTIGO_SecuritiesBasedEarnings.pdf521,15 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Gerenciamento de resultados em bancos com uso de TVM : validação de modelo de dois estágios
Outros títulos: Securities-based earnings management in banks : validation of a two-stage model
Autor(es): Dantas, José Alves
Medeiros, Otávio Ribeiro de
Galdi, Fernando Caio
Costa, Fábio Moraes da
Assunto: Gerenciamento de resultados
Títulos (finanças)
Bancos
Mercado de valores mobiliários
Data de publicação: Jan-2013
Editora: Sociedade Brasileira de Finanças
Referência: DANTAS, José Alves et al. Gerenciamento de resultados em bancos com uso de TVM: validação de modelo de dois estágios. Revista contabilidade & finanças, São Paulo, v.24, n.61, p.37-54, jan./abr. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1519-70772013000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 11 nov. 2013.
Resumo: Estudos sobre gerenciamento de resultados em bancos têm se preocupado especialmente com o uso da provisão para créditos de liquidação duvidosa (PCLD) e utilizam principalmente modelos de dois estágios para a identificação da ação discricionária da administração. Outro tipo de registro que tem recebido atenção dos pesquisadores na identificação dessa prática em bancos é a classificação e a mensuração do valor justo dos títulos e valores mobiliários (TVM). Nesse caso, porém, têm prevalecido modelos de um estágio. Este estudo tem por objetivo desenvolver e validar um modelo de dois estágios para a identificação da discricionariedade nos resultados com TVM. O modelo incorpora preceitos dos poucos estudos sobre o tema, parâmetros utilizados nos modelos para identificação da PCLD discricionária em bancos, além de indicadores macroeconômicos e características específicas de composição da carteira de TVM. Os testes empíricos tiveram por base as informações dos bancos comerciais, bancos múltiplos e caixas econômicas em atuação no mercado brasileiro, entre o terceiro trimestre de 2002 e o quarto trimestre de 2010. Para a validação do modelo proposto, os seus resultados foram cotejados com os decorrentes da aplicação de um modelo de um estágio – metodologia difundida na literatura sobre o tema. Os testes realizados com os dois modelos revelam evidências da prática de alisamento de resultados com o uso de TVM, bem como a utilização da classificação em títulos disponíveis para venda nessas ações de gerenciamento. A consistência dos resultados encontrados nos dois modelos evidencia a validação do modelo proposto, contribuindo para o desenvolvimento de pesquisas sobre o tema que se preocupem não apenas em constatar se há a prática ou não do gerenciamento, mas também associá-la a outras variáveis. Neste estudo, por exemplo, foi constatado que essa prática é mais relevante nos bancos de menor porte e nos controlados por capital privado. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Studies investigating earnings management in banks have been particularly concerned with the use of Loan Loss Provisions (LLP) and mainly use two-stage models to identify discretionary management actions. Another type of record that has received attention from researchers in identifying discretionary management actions is the classification and measurement of the fair value of securities. In this case, however, one-stage models have prevailed. The present study aims to develop and validate a two-stage model for the identification of discretionary management actions using gains obtained from securities. Our model incorporates macroeconomic indicators and specific attributes of the securities portfolios to the traditional parameters used in models previously utilized in the literature. To validate the proposed model, the results are compared with the results from the estimation of a one-stage model - a methodology widely used in the literature. Tests conducted with the two models reveal evidence of income smoothing using securities and the classification of available-for-sale securities among the actions taken by management. The consistency of the results across the two models validates the proposed model, thereby contributing to the development of research on the topic that is not only concerned with determining whether earnings management is practiced but also whether it can be associated with other variables. We also find that securities-based earnings management is more significant in smaller-sized banks and in banks controlled by private capital.
Licença: Revista Brasileira de Finanças - Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Fonte: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rbfin/index. Acesso em: 11 nov. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1519-70772013000100005
Aparece nas coleções:CCA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.