Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14553
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_DeterminantesGrauEvidenciacao.pdf370,24 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorDantas, José Alves-
dc.contributor.authorRodrigues, Fernanda Fernandes-
dc.contributor.authorRodrigues, Jomar Miranda-
dc.contributor.authorCapelletto, Lucio Rodrigues-
dc.date.accessioned2013-11-08T20:39:49Z-
dc.date.available2013-11-08T20:39:49Z-
dc.date.issued2010-01-
dc.identifier.citationDANTAS, José Alves et al. Determinantes do grau de evidenciação de risco de crédito pelos bancos brasileiros. Revista contabilidade & finanças, São Paulo, v.21, n.52, jan./abr. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772010000100002&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 08 nov. 2013.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/14553-
dc.description.abstractEstudos que avaliam o nível de evidenciação praticado pelas organizações têm adquirido relevância na literatura contábil, na medida em que a evidenciação assume papel cada vez mais importante para a redução da assimetria de informação entre os diversos agentes econômicos. No caso do sistema financeiro, considerando suas peculiaridades, a transparência é essencial para garantir a confiabilidade e a estabilidade do sistema. O presente estudo teve por objetivo central avaliar o grau de transparência do risco de crédito praticado pelas instituições financeiras brasileiras, tendo por referência as divulgações qualitativas e quantitativas requeridas pelo Acordo de Basiléia II. Com base nas Informações Financeiras Trimestrais dos 50 maiores bancos, os resultados das análises revelaram, inicialmente, que o grau de evidenciação apresentou crescimento paulatino e constante no período, mas ainda atende a menos de 40% dos itens requeridos. Por meio de regressão, com o uso de dados em painel, foi constatado que o grau de evidenciação do risco de crédito de um período é explicado, inicialmente, pela divulgação do período anterior. Também foi constatado que o nível de evidenciação é explicado pela vigência de Basiléia II, pelo porte das instituições, pelo nível de rentabilidade, pelo índice de imobilização e pela listagem das ações na Bovespa.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.publisherUniversidade de São Pauloen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleDeterminantes do grau de evidenciação de risco de crédito pelos bancos brasileirosen
dc.title.alternativeDeterminants of the credit risk disclosure level by Brazilian banksen
dc.typeArtigoen
dc.subject.keywordRisco (Economia)en
dc.subject.keywordInformação contábilen
dc.subject.keywordBancos - Brasilen
dc.subject.keywordCréditos - Brasilen
dc.subject.keywordTransparência na administração públicaen
dc.rights.licenseRevista contabilidade & finanças - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772010000100002&lng=en&nrm=iso. Acesso em 5 nov. 2013.en
dc.description.abstract1Studies assessing organizations’ level of disclosure have gained relevance in Accounting literature, as disclosure progressively assumes a more important role in the reduction of information asymmetry amongst various economic agents. As for the peculiarities of the Financial System, transparency is essential to achieve reliability and stability. The central aim of this study is to assess the degree of credit risk disclosure implemented by Brazilian financial institutions, benchmarked against the qualitative and quantitative disclosures required by the Basel II Accord. Based on the analysis of quarterly financial data of the fifty biggest banks, the results of the research show, initially, that the level of disclosure presented a slow and steady growth in the period, despite complying with less than forty percent of the information items required. The Study’s Panel Data Regression Analysis revealed that the degree of credit risk disclosure of a period is initially explained by the disclosure of the previous period. It also indicated that the level of disclosure is explained by the Basel II Accord’s effectiveness, the size of the organization, the level of returns, the fixed-asset to equity-capital ratio and also by the shares listed on Bovespa.-
Appears in Collections:CCA - Artigos publicados em periódicos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14553/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.