Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14424
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_LinguagemFazDiferenca.pdf1,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A linguagem faz diferença? Um exame experimental sobre motivated sensitivity no julgamento do auditor governamental brasileiro
Outros títulos: Does language make a difference? An experimental exam on the motivated sensitivity in the judgement of brazilian governmental auditing
Autor(es): Sousa, Rossana Guerra de
Paulo, Edilson
Silva, César Augusto Tibúrcio
Assunto: Auditoria - Brasil
Linguagem - estilo
Psicologia social
Data de publicação: Abr-2013
Editora: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Referência: SOUSA, Rossana Guerra de; PAULO, Edilson; SILVA, César Augusto Tibúrcio. A linguagem faz diferença? Um exame experimental sobre motivated sensitivity no julgamento do auditor governamental brasileiro. ConTexto, Porto Alegre, v.13, n.23, p.37-46, jan./abr. 2013. Disponível em: <http://www.seer.ufrgs.br/ConTexto/article/view/31362>. Acesso em: 25 out. 2013.
Resumo: Este estudo busca examinar a ocorrência de motivated sensitivity na análise de informações econômicas, financeiras e patrimoniais das entidades realizada pelo auditor governamental brasileiro em decorrência da influência da preferência linguística em seu processamento. a metodologia utilizada foi o experimento de campo com a exposição de dois grupos aleatoriamente constituídos de auditores governamentais, de órgãos de fiscalização interna e externa dos estados e do governo federal do brasil à manipulação da variável linguística entre textual e numérica. os dados coletados foram analisados com a utilização da anova e do Qui-Quadrado. os resultados indicam que a preferência por estilos linguísticos guia a atenção e a interpretação das análises realizadas, podendo interferir na percepção de confiabilidade das informações postas sob exame dos auditores governamentais e na formulação do julgamento profissional. a pesquisa contribui para o entendimento de parte do processo de julgamento e dos efeitos de fatores motivacionais desse grupo e pode guiar a adoção de ações de mitigação do risco para os casos de julgamentos relevantes. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aimed at examining the occurrence of motivated sensitivity in the analyses of economical, financial and patrimonial information carried out by Brazilian government auditors, which results from the influence of linguistic preference in their processing. Methodology used was field experiment: two groups formed at random were exposed to the manipulation of the linguistic variable (textual and numerical). Subjects were government auditors from an agency in charge of inspecting both Brazilian states and the federal government. Collected data was analyzed by using Anova and Chi-Squared test. Results indicate that the preference for linguistic styles guide the attention and interpretation of analyses carried out, which may interfere with the perception of reliability of the information being examined by government auditors, as well as with reaching professional judgment. This research contributes to the understanding of part of the judgment process, as well as of motivational factor effects acting on these professionals. It may also guide actions of risk mitigation in the case of relevant judgments.
Licença: Revista ConTexto - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho e adaptá-lo. Permite fazer uso comercial. Fonte: http://www.seer.ufrgs.br/ConTexto/index. Acesso em: 25 out. 2013.
Aparece nas coleções:CCA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.