Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14403
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_SustentabilidadeEconomicaInstituicoes.pdf442,87 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Sustentabilidade econômica das instituições de longa permanência para idosos
Outros títulos: Economic sustainability of long-stay institutions for the elderly
Autor(es): Freire, Fátima de Souza
Mendonça, Luiz Henrique de
Costa, Abimael de Jesus Barros
Assunto: Idosos - assistência em instituições
Envelhecimento
Idosos - qualidade de vida
Contabilidade social
Data de publicação: Out-2012
Editora: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
Referência: FREIRE, Fátima de Souza; MENDONÇA, Luiz Henrique de; COSTA, Abimael de Jesus Barros. Sustentabilidade econômica das instituições de longa permanência para idosos. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 36, n. 95, p. 533-543, out./dez. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0103-11042012000400005&lng=pt&nrm=is&tlng=pt>. Acesso em: 22 out. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-11042012000400005.
Resumo: O objetivo do trabalho é verificar a forma de sustentabilidade econômica e o valor do custo de permanência de um idoso nas Instituições de Longa Permanência para Idosos – ILPIs. Foram coletadas informações das despesas e receitas de quatro instituições, por meio da aplicação de um questionário e de entrevista, em maio de 2011. O resultado da pesquisa mostra que há uma insuficiência de recursos destinados às instituições, sendo que a principal fonte de arrecadação das filantrópicas são as doações da comunidade, com o suporte da prestação de serviços voluntários. Os recursos do governo representam uma parcela pouco expressiva, pois para cada idoso com razoável condição física o governo repassa R$ 6,71, enquanto para os incapacitantes o valor chega a R$ 7,81. ______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The purpose of this study is to verify the form of economic sustainability and the cost of staying of an elderly in Long Stay Institutions for Aged People. Information about income and expenditure of four institutions were collected through a questionnaire and interview in May 2011. The research result shows that there is a failure of resources destined for the institutions where the main source of revenue comes from philanthropic donations from the community, with the support of volunteer service. The government resources represent a nonsignificant portion because for every elderly person in reasonable physical condition the government passes R$ 6.71, while for the disabled the value reaches R$ 7.81.
Licença: Saúde em debate - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons - Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-1104&lng=pt&nrm=is. Acesso em: 22 out. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-11042012000400005
Aparece nas coleções:CCA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.