Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14358
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_LeticiaLimaFreitas.pdf2,44 MBAdobe PDFView/Open
Title: Sustentabilidade sociocultural e turismo na Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu
Authors: Freitas, Letícia Lima de
Orientador(es):: Pena, Luiz Carlos Spiller
Assunto:: Meio ambiente e desenvolvimento sustentável
Sustentabilidade
Turismo - aspectos econômicos - Pará
Pará - ecoturismo
Issue Date: 16-Oct-2013
Citation: FREITAS, Letícia Lima de. Sustentabilidade sociocultural e turismo na Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu. 2013. 139 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Turismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A atividade turística vem crescendo significantemente ao longo dos anos, principalmente na busca dos turistas por ambientes naturais conservados e que tragam a eles a apreciação e o contato com a natureza. Nesse contexto, destaca-se a prática da atividade turística em Unidades de Conservação (UC‘s) que, quando bem executada, pode, além de favorecer a proteção desses ambientes, promover a sustentabilidade sociocultural das comunidades tradicionais existentes. Tal fato orientou o presente estudo ao eleger a Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu, situada no nordeste do Estado do Pará, no município de Bragança, como objeto de estudo. Trata-se de Unidade de Conservação de Uso Sustentável, com recurso natural predominantemente de manguezal, que foi criada em uma área que sofre vários impactos negativos devido à ação humana, como a pesca excessiva e o desmatamento de áreas de mangue. Cenário que possui de um lado comunidades que vivem basicamente da pesca de subsistência e da agricultura familiar, e, de outro, um modelo de turismo massivo realizado na chamada Praia de Ajuruteua, uma área excluída da poligonal de preservação apesar de localizar-se em meio ao território da Reserva. Tal realidade, historicamente produzida e que gera diversos impactos ambientais, econômicos e socioculturais, motivou o objetivo da dissertação de identificar as implicações do turismo na ustentabilidade sociocultural das comunidades usuárias da Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu. Para tanto se buscou contextualizar e relacionar a noção de turismo sustentável em relação àReserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu, investigando como se constrói o envolvimento das comunidades da Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu com o turismo na Praia de Ajuruteua, identificando a produção comunitária associada ao turismo e os impactos socioculturais provocados pelo turismo praticado naPraia de Ajuruteua, para refletir sobre tais impactos em relação à construção do Plano de Manejo da Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu. O presente estudo teve como estratégia metodológica o quadro de referência Dialético Histórico Estrutural e como método a pesquisa e análise descritiva e explicativa, com caráter qualitativo. Quanto aos procedimentos utilizou-se o levantamento bibliográfico e documental, participação em reuniões das oficinas participativas de elaboração do Plano de Manejo, pesquisa de campo in loco. Constatou-se que há uma relação conflituosa entre as comunidades extrativistas e a prática do turismo na Praia, e que para que haja o desenvolvimento do turismo na RESEX há primeiro que se pensar em resolver este e outros conflitos e problemas apresentados. A partir das constatações apontam-se sugestões que orientem a formulação depolíticas públicas para o turismo sustentável na Reserva Extrativista Marinha de Caeté-Taperaçu e entorno. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The tourism activities has been growning significantly over the years, mainly for tourists in search of natural environments, which bring them enjoyment and contact with nature. In this context, there is the practice of tourism in Conservation Units (CUs) that when well executed can, besides favoring the protection of these environments, promote sociocultural sustainability considering traditional communities. This fact guided the present study to elect the Marine Extractive Reserve Caeté-Taperaçu, located in the northeastern state of Para, in the municipality of Bragança, as an object of study. This is a Conservation Unit os Sustainable Use, using predominantly natural mangrove resources, which was established in an area that suffers several negative impacts due to human activities such as overfishing and deforestation of the mangrove areas. This scenario has in one side the communities living basically on subsistence fishing and farming family, and in the other, a model of mass tourism at the Ajuruteua Beach, an area excluded from the polygonal line of preservation despite being located in the middle the territory of the Reserve. This reality that has been historically produced and generates various environmental, economic and sociocultural impacts motivated this thesis objective: to identify the implications of tourism in socio-cultural sustainability of communities of users of the Marine Extractive Reserve Caeté-Taperaçu. Therefore we sought to contextualize and relate the notion of sustainable tourism in relation to Marine Extractive Reserve Caeté-Taperaçu investigating how to build community involvement of Marine Extractive Reserve Caeté-Taperaçu with tourism in Ajuruteua Beach, identifying community production associated with tourism and socio-cultural impacts caused by tourism practiced in Beach Ajuruteua, to reflect on such impacts in relation to the construction of the Management Plan of the Marine Extractive Reserve Caeté-Taperaçu. The present study had methodological strategy framework based on Dialectical and Historical Structural research as the method, and descriptive and explanatory analysis with qualitative character. For the procedures used the bibliographic and documentary research, attending the meetings of participatory workshops for preparation of the Management Plan, besides the field research in situ. It was found that there is a controversial relationship between the extractive communities and tourism practice in the Beach. And the development of tourism in RESEX depends of solving this and other conflicts and problems presented. From the findings we indicate some suggestions to guide the formulation of policies for sustainable tourism in the Marine Extractive Reserve Caeté-Taperaçu and surroundings.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, Programa de Pós-Graduação em Turismo, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CET - Mestrado Profissional em Turismo (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14358/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.