Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14257
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_ElianePedrozoMoraes.pdf1,65 MBAdobe PDFView/Open
Title: Cargas de trabalho : um olhar sobre a estratégia Saúde da Família
Authors: Moraes, Eliane Pedrozo de
Orientador(es):: Scherer, Magda Duarte dos Anjos
Assunto:: Pessoal da área médica
Grupos de trabalho
Medicina familiar
Saúde pública
Issue Date: 3-Oct-2013
Citation: MORAES, Eliane Pedrozo de. Cargas de trabalho: um olhar sobre a estratégia Saúde da Família. 2013. 102 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Este estudo tem como objetivo analisar a influência de uma tecnologia do tipo não material, a estratégia Saúde da Família, nas cargas de trabalho dos profissionais que compõem as equipes. Busca identificar em que sentido os aspectos inovadores constantes nas práticas, na composição da equipe, nas relações, na organização e gestão do trabalho tem contribuído para aumentar ou reduzir as cargas de trabalho dos profissionais. Estudos como este são necessários para apoio à gestão no que corresponde à qualificação do trabalho na Atenção Básica em Saúde. A investigação sobre “fontes”, que aumentam ou reduzem as cargas de trabalho dos profissionais, é relevante porque, apesar da área da saúde ser sensível às mudanças atuais no mundo do trabalho, o número de estudos sobre o tema ainda é muito pequeno, especialmente no que diz respeito aos seus efeitos para a organização do setor e para a força de trabalho. Trata-se de um estudo do tipo qualitativo, inspirado em dois referenciais teórico-metodológicos, cujos principais teóricos são Asa Cristina Laurell e Yves Schwartz. Laurell traz o conceito de “cargas de trabalho” como elementos encontrados no processo de trabalho que interatuam entre si e o corpo do trabalhador, gerando aqueles processos de adaptação que se traduzem em desgaste, entendido como perda da capacidade potencial e ou efetiva, corporal e psíquica. Schwartz desenvolveu a abordagem “ergológica”, que parte da análise de situações reais de trabalho, da ação em si, mostrando que existe grande diversidade de possibilidades interferindo nas cargas de trabalho, fortemente influenciadas pelo contexto macro político-institucional e, também, pelas características dos sujeitos envolvidos no trabalho e pelas suas escolhas. Participaram da pesquisa 19 profissionais de três equipes da estratégia Saúde da Família. Para a coleta de dados, foram realizadas observações, análise documental e entrevistas semiestruturada. A análise foi realizada com a técnica de Análise Temática de Conteúdo, de Laurence Bardin, com o uso do software AtlasTi 7.0. Dentre os resultados relacionados, houve definição de duas macro categorias de análise: Fontes que Aumentam Cargas de Trabalho e Fontes que Reduzem Cargas de Trabalho. A partir da análise temática de conteúdo, quatro categorias e um total de 32 temas foram encontrados, em relação às fontes que aumentam as cargas de trabalho, sendo: organização da estratégia Saúde da Família no Distrito Federal; estrutura de funcionamento da equipe; gestão do trabalho; as relações profissionais, pessoais e com o território. Dentre as fontes que reduzem as cargas de trabalho, foram encontradas cinco categorias e 29 temas, sendo: motivação para trabalhar na equipe; gestão do trabalho; estrutura de funcionamento da equipe; as relações profissionais, pessoais e com o território; os atributos da Atenção Básica/Saúde da Família. Das categorias encontradas, três apresentam temas que caracterizam fontes de aumento e redução das cargas de trabalho. Os principais temas mencionados como causadores do aumento das cargas de trabalho são falhas na gestão e na composição da rede de atenção à saúde no Distrito Federal, dificultando a coordenação do cuidado. Os principais temas mencionados como causadores da redução das cargas é o trabalho em equipe e o estabelecimento de vínculos entre os profissionais e destes com os usuários do Sistema Único de Saúde. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aims to analyze the influence of a kind technology is not material, the Family Health Strategy, the workloads of professionals who make up teams. Seeks to identify in which direction the innovative aspects of the practices contained in the composition of the team, in relationships, in the organization and management of work has contributed to increase or decrease the workloads of professionals. Studies like this are needed to support the management in that corresponds to job qualification in Primary Health Research on "sources" that increase or reduce the workload of professionals, is relevant because, despite the health be sensitive to current changes in the world of work, the number of studies on the subject is still very small, especially with regard to its effects on the organization of the sector and the workforce. This is a qualitative study, inspired by two theoretical and methodological, whose main theorists are Asa Cristina Laurell and Yves Schwartz. Laurell brings the concept of "workload" as elements found in the work process that interact with each other and the body of the worker, those generating adaptation processes that result in wear, understood as loss of the ability and potential or actual bodily and psychic . Schwartz has developed the "ergological" that part of the analysis of real work situations, the action itself, showing that there is great diversity of potential interfering workloads, strongly influenced by macro political-institutional context, and also by the characteristics of the subjects involved in the work and their choices. Participants were 19 professional teams of three Family Health Strategy. For data collection, observations were made, semi-structured interviews and documentary analysis. The analysis was performed with the technique of Thematic Content Analysis, Laurence Bardin, using the software AtlasTi 7.0. Among the findings related definition was two macro categories of analysis: Sources to Increase Workloads and Sources to Reduce Workloads. From the thematic content analysis, four categories and a total of 32 subjects were found in relation to the sources that increase the workload, namely: organization of the Family Health Strategy in the Federal District; structure functioning team; management work, professional relationships, and personal with the territory. Among the sources that reduce workloads, were found five categories and 29 themes, namely: motivation to work in a team; work management, structure of team functioning, professional relationships, and personal with the territory; attributes Care Basic / Family Health. The categories found three themes that characterize present sources of increased and reduced workloads. The main themes mentioned as causes of increased workloads are failures in the management and composition of the network of health care in the Federal District, hindering coordination of care. The main themes mentioned as causing reduction of loads is the teamwork and the establishment of links between professionals and those with the users of the Unified Health.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:DSC - Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/14257/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.