Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/14215
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_NathaliaHallackFabrino.pdf9,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Turismo de base comunitária : dos conceitos às práticas e das práticas aos conceitos
Autor(es): Fabrino, Nathália Hallack
Orientador(es): Nascimento, Elimar Pinheiro do
Assunto: Turismo
Comunidade - desenvolvimento
Desenvolvimento sustentável
Data de publicação: 27-Set-2013
Referência: FABRINO, Nathália Hallack. Turismo de base comunitária: dos conceitos às práticas e das práticas aos conceitos. 2013. 185 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: O turismo de base comunitária (TBC) se consolidou no Brasil como uma proposta de desenvolvimento para o turismo na escala local e centrado nos recursos endógenos (humanos, naturais, de infraestrutura) das comunidades interessadas. A literatura ressalta o potencial da atividade em promover a conservação ambiental, a valorização da identidade cultural e a geração de benefícios diretos para as comunidades receptoras. O presente trabalho parte do reconhecimento da visibilidade alcançada pelo TBC na atualidade e da necessidade de se promover uma discussão mais criteriosa sobre essa temática, aproximando o arcabouço teórico (teoria) das iniciativas em curso (práticas). A pergunta norteadora, em face da carga ideológica contida na literatura sobre o TBC, foi: “as características reputadas ao TBC na teoria estão refletidas nas iniciativas em curso?” O objetivo é o de verificar, por meio de evidências empíricas, a aderência entre a discussão teórico-conceitual do TBC e as suas práticas. Para tanto, desenvolveu-se uma revisão do arcabouço teórico do turismo comunitário, identificando os componentes recorrentes no entendimento do TBC, sob a ótica de seus estudiosos ou atores a ele relacionados: academia, governo, Ongs etc. A análise destes componentes possibilitou o delineamento de seis elementos-chaves (dominialidade, organização comunitária, democratização de oportunidades e repartição de benefícios, integração econômica, interculturalidade e qualidade ambiental) que, por sua vez, receberam critérios e subcritérios correspondentes. A relação de elementos-chaves, critérios e subcritérios originou um framework de análise para iniciativas de TBC. Este instrumento foi aplicado, em janeiro de 2013, em três iniciativas integrantes da Rede Cearense de Turismo Comunitário – Rede Tucum: Prainha do Canto Verde, Assentamento Coqueirinho e Ponta Grossa. A partir dos resultados de campo, concluiu-se que, dos seis elementos-chaves inicialmente testados, apenas dois devam ser considerados como aspectos constituintes do turismo comunitário: Dominialidade e Organização Comunitária. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Community based tourism (CBT) has grown in Brazil as means to local tourism development focused and based upon endogenous resources (human, natural and infrastructural) of interested/engaged communities. Literature emphasizes its potential to promote environmental conservation, cultural heritage values and benefit sharing amongst engaged communities. This study departure from the recognition of today’s CBT visibility together with the demand to promote a more rigorous discussion around the theme, bringing closer theory and practice. The central question, in the face of the ideological burden found in CBT’s literature was: “are the characteristics of CBT in theory reflected in practices?”. The objective was to verify, through empirical evidences, the adherence between theoretical and conceptual debates and the reality of CBT initiatives. Therefore, and upon literature review of the theoretical framework of CBT, recurrent components within it were identified, under the perspective of scholars and other social actors: academia, governments, NGOs etc. The analyses of these components lead to the development of six key-elements (ownership, community organization, opportunities and benefit sharing and democratization, economic integration, interculturality, environmental quality) which were assigned related criteria and sub criteria. The relation between key- elements with their criteria and sub criteria originated the analytical framework of this study for CBT initiatives. The instrument was applied, in January 2013, on three initiatives part of the Ceará Community Based Tourism Net (Rede Cearense de Turismo Comunitário) – Rede Tucum: Prainha do Canto Verde, Assentamento Coqueirinho e Ponta Grossa. Field results showed that from the six key-elements only two shall be considered as fundamental aspects of CBT: ownership and community organization.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2013.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.