Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1398
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_2007_ElzimarRibeiro.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open
Title: Deus e o Diabo na terra do sol : Caramuru como representação épica da colonização
Other Titles: Deus e o Diabo na terra do sol : Caramuru, de Santa Rita Durão, como representação épica da colonização
Authors: Ribeiro, Elzimar Fernanda Nunes
Orientador(es):: Almarza, Sara
Assunto:: Literatura brasileira
Discurso colonial
Tradição literária brasileira
Análise literária
Issue Date: 4-Mar-2009
Citation: RIBEIRO, Elzimar Fernanda Nunes. Deus e o Diabo na terra do sol: Caramuru como representação épica da colonização. 2007. 205 f. Tese (Doutorado em Literatura)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: Caramuru (1781), poema épico de Santa Rita Durão, foi recebido pela geração romântica como um dos textos fundadores da literatura brasileira. Desde então, os estudos dedicados à obra tem sido realizados sob a perspectiva de temas como o nacionalismo e a brasilidade. A presente pesquisa segue um caminho diferente, com a intenção de encontrar novas linhas de investigação que sejam capazes de superar a leitura romântica, a fim de realçar outros relevantes sentidos presentes na trama do texto, mas que não têm sido explorados ainda. A contextualização do poema na trajetória intelectual de seu autor e, principalmente, em sua época de composição permite que ele seja compreendido não como um texto nacionalista, mas como uma obra escrita para enaltecer a colonização portuguesa da América. Por isso, esta análise parte da compreensão de que Caramuru é uma representação poética do processo colonial: uma obra cuja ambigüidade possibilita apreender, ao mesmo tempo, tanto a ideologia colonizadora quanto as suas fraturas. Assim, após investigar como Durão absorveu os preceitos desenvolvidos pela poética portuguesa do século XVIII, procura-se inquirir que imagens do Brasil e de seus primitivos habitantes são elaboradas e divulgadas por Caramuru. Examinam-se também as estratégias utilizadas pelo poeta Durão para lidar com os conflitos que a opressão colonial produzia na mentalidade humanista da Europa ilustrada. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Caramuru (1781), epic poem by Santa Rita Durão, was received by the romantic generation as one of the founder texts of the Brazilian literature. Since then, the studies about the book have been characterized by themes like the nationalism and the “brazility”. This research intends to take a different approach, with the intention of finding new investigation lines that may supplant the Romantic lecture to bring to light relevant meanings woven into the text, but that haven’t been explored yet. The contextualization of the poem in the intellectual trajectory of its author and, mainly, in the time of its composition permits that it may be perceived not as a nationalist text, but like a book written to glorify the Portuguese colonization of the America. Therefore, this analysis starts of the comprehension from Caramuru as a poetic representation of the colonialist process: a book whose ambiguity allows apprehending the colonial ideology and its fractures at the same time. Consequently, after investigating how Durão used the precepts elaborated by the Portuguese poetic of the century XVIII, it tries to inquire which images of the Brazil and its primitive habitants are elaborated and promoted by Caramuru. It also examines the strategies utilized by the poet to work the conflicts that the colonial oppression produced in the humanist mentality of Europe at the age of Enlightenment.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2007.
Appears in Collections:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1398/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons