Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13979
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AssociationMarkersOxidative.pdf317,33 kBAdobe PDFView/Open
Title: The association of markers of oxidative-inflammatory status with malnutrition in hemodialysis patients with serum ferritin lower than 500 ng/mL
Other Titles: Associação dos marcadores do estado oxidativo e inflamatório com a desnutrição em pacientes hemodialisados com ferritina menor do que 500 ng/mL
Authors: Almeida, Simone Gonçalves de
Veiga, Joel Paulo Russomano
Arruda, Sandra Fernandes
Neves, Cibele Ferreira
Siqueira, Egle Machado de Almeida
Assunto:: Rins - doenças
Hemodiálise
Deficiência de ferro
Stress oxidativo
Issue Date: Jan-2013
Publisher: Sociedade Brasileira de Nefrologia
Citation: ALMEIDA, Simone Gonçalves de et al. The association of markers of oxidative-inflammatory status with malnutrition in hemodialysis patients with serum ferritin lower than 500 ng/mL. Jornal Brasileiro de Nefrologia, v. 35, n. 1, p. 6-12, jan./mar. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-28002013000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=en>. Acesso em: 16 ago. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/01012800.20130002.
Abstract: Introduction: Enhanced inflammatory-oxidative status is well established in chronic kidney disease. Objective: The objective of this study was to evaluate the oxidative- inflammatory status and iron indices in patients undergoing maintenance hemodialysis (HD) with serum ferritin lower than 500ng/mL, and to correlate them with nutritional status. Method: In a cross-sectional survey 35 HD patients (23 with normal nutritional status, 12 with Protein-Energy-Wasting syndrome, PEW), and healthy volunteers (n = 35) were studied. Serum concentration of iron, ferritin, transferrin saturation, malondialdehyde (MDA), protein carbonyl (PC), high-sensitive serum C - reactive protein (hs-CRP) and blood counts were determined. The nutritional status was determined by anthropometric and biochemical criteria. Results: HD patients showed low values of hemoglobin and higher values of ferritin, MDA and PC when compared with healthy volunteers. HD subjects with PEW had higher values of PC and hs-PCR as compared to HD patients with normal nutritional status. A multiple logistic regression analysis showed that the independent variables PC (Wald Statistic 4.25, p = 0.039) and hs-CRP (Wald Statistic 4.83, p = 0.028) where related with the patients' nutritional condition. Conclusion: In HD patients with serum ferritin below 500 ng/mL was observed one association of the markers of oxidative stress and inflammation with poor nutritional status independently of serum ferritin, gender and age. ________________________________________________________________________________________________________________ RESUMO
Introdução: Na doença renal crônica, a presença de um estado inflamatório-oxidativo aumentado está bem estabelecida. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar o estado oxidativo e inflamatório e o perfil do ferro em pacientes submetidos à hemodiálise crônica de manutenção, com ferritina menor do que 500 ng/mL, e correlacioná-los com o estado nutricional. Método: Em estudo transversal, em 35 pacientes sob hemodiálise (23 com estado nutricional normal, 12 com desnutrição energético- proteica (DEP) e 35 voluntários sadios foram determinados os índices hematimétricos e as concentrações séricas do ferro, da ferritina e avaliada a saturação de transferrina. O estado oxidativo foi determinado por meio das concentrações séricas do malondialdeído (MDA) e da proteína carbonil (PC). Nos indivíduos sob hemodiálise o estado inflamatório foi avaliado por meio da proteína C reativa ultrassensível determinada no soro (hs-PCR). O estado nutricional foi determinado por critérios antropométricos e bioquímicos. Resultados: Os pacientes da hemodiálise mostraram anemia e um estado oxidativo mais elevado do que os voluntários sadios. Os pacientes hemodialisados com DPE mostraram ferritina e um estado inflamatório- oxidativo mais elevado se comparados aos com boa condição nutricional. Em análise de regressão logística múltipla, os níveis séricos de PC e hs-CRP foram correlacionados com o estado nutricional. PC (Estatística Wald 4.25, p = 0,039), CRP (Estatística Wald 4.83, p = 0,028). Conclusão: Em indivíduos submetidos à hemodiálise, com ferritina menor do que 500 ng/mL. Observou- se uma associação entre os marcadores de estresse oxidativo e inflamatório com o estado nutricional, independentemente da idade, gênero e dos índices do ferro.
Licença:: Jornal Brasileiro de Nefrologia - Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/revistas/jbn/paboutj.htm. Acesso em: 16 ago. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.5935/01012800.20130002
Appears in Collections:CEL - Artigos publicados em periódicos
FMD - Artigos publicados em periódicos
NUT - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13979/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.