Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13972
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_MundoRepresentacao.pdf469,53 kBAdobe PDFView/Open
Title: “(...) O mundo como representação (...) é antes de tudo apenas um fenômeno fisiológico” : intuição intelectual e percepção empírica em Arthur Schopenhauer
Authors: Garcia, André Luis Muniz
Assunto:: Schopenhauer, Arthur, 1788-1860
Fisiologia
Intuição
Issue Date: 2011
Publisher: Departamento de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)
Citation: GARCIA, André Luis Muniz. “(...) O mundo como representação (...) é antes de tudo apenas um fenômeno fisiológico”: intuição intelectual e percepção empírica em Arthur Schopenhauer. Revista Voluntas: estudos sobre Schopenhauer, v. 2, n. 2, p. 93-112, 2. sem. 2011. Disponível em: <http://www.revistavoluntas.org/uploads/5/8/3/2/5832849/6.garcia_andre_luiz_muniz.pdf>. Acesso em: 16 ago. 2013.
Abstract: O presente artigo tem por objetivo discutir alguns dos principais argumentos de Arthur Schopenhauer sobre as condições de possibilidade do conhecimento a priori da experiência. Para tanto, pretende-se aqui esclarecer o fundamental papel que a perspectiva científica – notadamente aquela da fisiologia – tem em sua doutrina da intuição intelectual tal como essa aparece em diferentes obras do filósofo alemão. ______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The goal of the present article is to explain some of the most important arguments Arthur Schopenhauer’s concerning to the conditions of possibilities of the a priori knowledge. For this, here I intend to elucidate the fundamental role that the scientific perspective – particulary that of physiology – plays in his theory of intellectual intution, such as it appears in differents works of the german philosopher.
Description: O presente artigo é parte modificada de um tópico do terceiro capítulo da dissertação de mestrado do autor, intitulada: Metáforas do corpo: reflexões sobre o estatuto da linguagem na filosofia do jovem Nietzsche, orientada pelo prof. Dr. Oswaldo Giacoia Jr, junto ao Departamento de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Estadual de Campinas, e que foi defendida em abril de 2008.
Licença:: O site Revista Voluntas foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported. Fonte: http://www.revistavoluntas.org/. Acesso em: 16 ago. 2013.
Appears in Collections:FIL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13972/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.