Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13825
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_LisaMinariHargreaves.pdf7,41 MBAdobe PDFView/Open
Title: O espetáculo do açúcar : banquetes, artes e artefatos (século XVI)
Authors: Hargreaves, Lisa Minari
Orientador(es):: Ribeiro, Maria Eurydice de Barros
Assunto:: História da arte
Açúcar - estética - aspectos antropológicos
Imagens, ilustrações, etc.- arte
Análise de imagens - arte
Issue Date: 2-Aug-2013
Citation: HARGREAVES, Lisa Minari. O espetáculo do açúcar: banquetes, artes e artefatos (século XVI). 2013. 258 f., il. Tese (Doutorado em Arte)-Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: O tema desta tese é o estudo do açúcar e do banquete na história da arte no século XVI. A pesquisa realizada revelou a consolidação da função estética do açúcar, apontando para a criação de um espaço alimentar espetacular, que adotava o processo civilizatório à mesa como estratégia de distinção social. O banquete dos artefatos em açúcar materializava, assim, uma densa e ampla narrativa que instruía pedagogicamente os convidados a respeito de um passado que era continuamente reatualizado. Sob essa perspectiva, o papel dos artistas renascentistas tornou-se essencial, já que possibilitou a transformação dos artefatos comestíveis de açúcar em objetos de arte, legitimando seu significado nas mesas da corte e propiciando um tipo de produção que distinguia o indivíduo socialmente. A inspiração teórica inicial deve-se, assim, ao pensamento de Norbert Elias (O processo civilizador, 1994). Ao tomar a pintura renascentista como documento, por excelência, para demonstrar a função do alimento, e em especial da estética do açúcar, no processo civilizador, tornou-se necessário respaldar a análise iconográfica das obras de arte As bodas de Caná, de Paolo Veronese, A refeição de açúcar por ocasião do casamento de Johann Wilhelm, de Franz Hogenberg, e O banquete de açúcar na salle enchantée, em Binche, de artista anônimo, em Pierre Francastel, Erwin Panofsky e Aby Warburg. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The theme of this thesis is the study of the sugar and the banquet in history of arte on the sixteenth century. The research revealed the esthetic consolidation of the function of sugar, pointing towards the creation of a spectacular space for food, which brought the civilization process to the table, as a strategy of social distinction. Thus the feast of the artifacts in sugar materialized a dense and extensive narrative that pedagogically instructed the guests about a past that was continually being updated. In this context, the role of the Renaissance artists became essential since it enabled the transformation of sugar artifacts into objects of art, legitimizing its meaning at the tables of the court and providing a type of production that distinguished the individual socially. The initial theoretical inspiration is due to the thoughts of Norbert Elias (Theory of civilizing processes, 1994). Taking a Renaissance painting as a document of excellence to demonstrate the function of food, especially aesthetic of sugar, in the civilizing process, it became necessary to support the iconographic analysis of the works of art “The wedding at Cana”, by Paolo Veronese, “The sugar meal on the occasion of the wedding of Johann Wilhelm”, by Franz Hogenberg, and “The sugar banquet in the enchanted room, in Binche”, by an anonymous artist, in Pierre Francastel, Erwin Panofsky and Aby Warburg.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Arte, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IdA - Doutorado em Artes (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13825/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.