Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13816
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_MarieClaireUwingabire.pdf940,67 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação sobre os cuidados prestados pelo programa de DST/AIDS do Hospital Universitário de Brasília por pessoas vivendo com HIV/AIDS
Authors: Uwingabire, Marie Claire
Orientador(es):: Noronha, Elza Ferreira
Assunto:: HIV-1
AIDS (Doença) - pacientes
Indicadores de saúde
Serviços de saúde pública
Issue Date: 2-Aug-2013
Citation: UWINGABIRE, Marie Claire. Avaliação sobre os cuidados prestados pelo programa de DST/AIDS do Hospital Universitário de Brasília por pessoas vivendo com HIV/AIDS. 2013. 118 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A atenção à saúde no Brasil tem investido na formulação e implantação de políticas de promoção, proteção e recuperação da saúde, entretanto, há a necessidade de esforços na construção de um modelo que priorize ações de melhoria da qualidade de vida dos sujeitos e coletivos. A qualidade da assistência é um importante determinante do sucesso de programas dirigidos a doenças crônicas, como a Aids. O estudo teve o objetivo de avaliar os cuidados prestados pela equipe que acompanha as PVHA no HUB sob o olhar dos usuários. Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo de âmbito clínico do tipo série de casos, realizado entre setembro e dezembro de 2011. A fonte dos dados foi o questionário elaborado com 56 questões e foram consultados os prontuários médicos. O participantes foram convidados para a entrevista no ambulatório quando compareciam para suas consultas utilizando amostragem de conveniência. Foram incluídos 95 pacientes sendo que 64,2% eram do sexo masculino e 35,8% de sexo feminino, a maioria solteiro (50,5%) e a mediana das idades foi de 42 anos. A principal categoria de exposição para HIV/Aids foi a heterossexual com 41,5%. 44,2% são fumantes, 33,7% são etilistas e 53,7% já teve uma doença oportunista. O tempo médio do diagnóstico foi 8,5 anos (± 4,8 DP) e o tempo media de terapia com a TARV foi de 6,8 anos (± 3,8 DP). 57,9% estão em tratamento com combinação dos INTR +INNTR, a maioria apresenta boa resposta ao TARV. Nos exames recentes, 66,3% apresentam CV indetectável, e 49,5% apresentam o valor de CD4+ acima de 500mm³. Analise bivariada mostrou que os pacientes de sexo masculino tem mais chances de ser fumantes (OR= 2,64 IC =1,085 - 6,466 p =0,03) e de ser etilistas (OR =3,46 IC=1,253 - 9,588 p =0,014) . Os fumantes têm a chance de ter uma comorbidade (OR = 2,59 IC = 1,050 - 6,423 p = 0,044), e o fato de ser fumante ou etilista não influenciou em outras variáveis estudadas e também na avaliação dos serviços do programa DST/Aids. O programa DST/Aids do HUB foi avaliado de uma maneira geral como ótimo e bom com 83,3%. Os pacientes sentem-se satisfeitos com a consulta multiprofissional, porém 25,3% dos pacientes estão insatisfeitos com o tempo de espera para consulta. A maioria está satisfeita com o atendimento e com os serviços prestados pela equipe multiprofissional, porém não têm acesso fácil às especialidades médicas, sentem falta de alguns profissionais como o enfermeiro e a nutricionista no programa e não recebem apoio emocional e orientação em relação à doença de alguns profissionais. Avaliação geral feita pelos pacientes mostrou que os serviços de saúde do programa DST/Aids do HUB, em geral, são bons, e a equipe multiprofissional foi avaliada de uma maneira positiva. Trata-se de um estudo de avaliação sob a percepção do próprio paciente, que trará informações relevantes para o programa DST/Aids do HUB e que vai abrir caminhos para futuras análises. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
Health care in Brazil has invested in the formulation and implementation of policies for the promotion, protection and recovery of health; however, there is a need for efforts to build a model that prioritizes actions to improve the quality of life of individuals and collectives. The quality of care is an important determinant of the success of programs aimed at chronic diseases, such as Aids. The study aimed to evaluate the care provided by the staff accompanying the PVHA in HUB under the eyes of users. This is a descriptive epidemiological study of the clinical type of case series, conducted between September and December 2011. The source of data was the questionnaire with 56 questions and medical records were consulted. The participants were invited for interview at the clinic when they came to their queries using a convenience sample. We included 95 patients of which 64.2% were males and 35.8% females, mostly single (50.5%) and the median age was 42 years. The main risk factor for HIV/Aids was heterosexual with 41.5%. 44.2% are smokers, 33.7% were alcoholics and 53.7% have had an opportunistic disease. The mean time from diagnosis was 8.5 years (SD ± 4.8) and the average time of treatment with HAART was 6.8 years (± 3.8 SD). 57.9% are in treatment with INTR + INNTR combination of, most have good response to HAART. In recent surveys, 66.3% had undetectable CV, and 49.5% present value of CD4 + 500mm ³. Bivariate analysis showed that male patients are more likely to be smokers (OR = 2.64 CI = 1.085 to 6.466 p = 0.03) and to be drinkers (OR = 3.46 CI = 1.253 to 9.588 p = 0.014 ). Smokers have the chance of having a comorbidity (OR = 2.59 CI = 1.050 to 6.423 p = 0.044), and being a smoker or drinker does not affect other variables as well as the evaluation of program services STD / AIDS. The program DST/Aids of the HUB was rated as generally very good and good with 83.3%. Patients feel satisfied with the multidisciplinary consultation, but 25.3% of patients are dissatisfied with the waiting time for consultation. Most are satisfied with the care and services provided by the multidisciplinary team, but do not have easy access to medical specialties, they miss some professionals such as nurse and dietitian in the program and do not receive emotional support and guidance in relation to disease of some professionals. Overall assessment made by patients showed that health services program DST/Aids of the HUB in general are good, and the multidisciplinary team was evaluated in a positive way. This is an evaluation study on the perception of the patient, which will provide information relevant to the program DST/Aids and the HUB that will open avenues for future research.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Núcleo de Medicina Tropical, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Medicina Tropical (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13816/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.