Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1372
Título: Avaliação da utilização de protetor físico de germinação e semeadura direta das espécies Copaifera Langsdorffii desf. e Enterolobium Contortisiliquum (Vell.) Morong. em área degradada pela mineração
Outros títulos: Assessment of the use of physical protector of germination and direct seeding of species copaifera langsdorffii desf. and enterolobium contortisiliquum (vell.) morong. in area degraded by mining for extraction of gravel
Autor(es): Andrade, Ana Paula de Abreu
Orientador(es): Martins, Rosana de Carvalho Cristo
Assunto: Recuperação de áreas degradadas
Germinação
Protetor físico de germinação
Diversidade biológica
Conservação da natureza
Data de publicação: Fev-2008
Data de defesa: Fev-2008
Referência: ANDRADE, Ana Paula de Abreu. Avaliação da utilização de protetor físico de germinação e semeadura direta das espécies Copaifera Langsdorffii desf. e Enterolobium Contortisiliquum (Vell.) Morong. em área degradada pela mineração. 2008. 99 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade de Brasília, 2008.
Resumo: A redução da riqueza biológica diante da pressão antrópica no Cerrado, colocou este bioma entre os 25 ecossistemas prioritários para a conservação da biodiversidade mundial. As atividades decorrentes da mineração são as mais agressivas ao meio ambiente, por reduzirem drasticamente a capacidade de auto-recuperação das áreas decapitadas. Cerca de 0,6% do Distrito Federal sofreu intervenção por esse tipo de atividade, e grande parte ainda necessita de intervenção humana para o resgate das interações ecológicas. O principal objetivo deste trabalho foi avaliar a germinação, o desenvolvimento e o estabelecimento de Copaifera langsdorffii e Enterolobium contortisiliquum semeadas diretamente em covas adubadas, com tratamento de quebra de dormência e com protetores físicos de germinação (PFG), em área degradada pela mineração de cascalho. Para tanto, foram analisadas a germinação em laboratório e em campo, umidade e temperatura dentro e fora dos PFGs, porcentagem de predação e de mortalidade, e altura e diâmetro das plântulas em campo. A cascalheira estudada está localizada dentro da Fazenda Água Limpa-FAL/UnB, onde foram delimitados 3 blocos casualizados, cada um com quatro tratamentos e sendo 10 covas para cada espécie: (T1) sementes em cova sem protetor físico de germinação; (T2) sementes em cova com protetor físico de germinação; (T3) sementes com tratamento de quebra de dormência sem protetor físico de germinação; (T4) semente com tratamento de quebra de dormência em cova com protetor físico de germinação. Os protetores físicos de germinação foram produzidos com garrafas PET, cortadas a base e parte superior, ficando com 17cm de altura. A densidade de semeadura empregada foi de 3 sementes da mesma espécie/cova. Foram analisados também o substrato da cascalheira e do cerrado s.s. adjacente e a velocidade de infiltração de água nesse solo e no substrato. As temperaturas e umidades foram maiores dentro dos protetores físicos de germinação (PFG) para ambas as espécies. A umidade dentro dos PFGs foi maior com relação à presença de plântulas C. langsdorffii, mostrando que a espécie é capaz de criar um microclima mais úmido. Os PFGs reduziram a mortalidade e predação das espécies E. contortisiliquum e C. langsdorffii, contribuindo para o controle natural de predadores, sem a necessidade de aplicação de defensivos químicos. A escarificação mecânica e o emprego dos PFGs elevaram a porcentagem de germinação de ambas as espécies estudadas. A escarificação mecânica combinada com o uso de PFG melhora o desenvolvimento em altura das plântulas de ambas as espécies. As plântulas de E. contortisiliquum apresentaram melhor desenvolvimento na área minerada do que a espécie C. langsdorffii. O uso de PFG pode ser uma alternativa viável para auxiliar reflorestamentos a partir de semeadura direta das espécies Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The reduction of the biological wealth in the face of pressure manmade Cerrado, put this biome among the 25 priority ecosystems for biodiversity conservation worldwide. The resulting from mining activities are the most aggressive to the environment by drastically reducing the ability of self recovery of the areas decapitated. Approximately 0.6% of the Federal District suffered intervention by this type of activity, and largely still needs human intervention to the rescue of ecological interactions. The main objective of this study was to evaluate the germination, the development and establishment of Copaifera langsdorffii and Enterolobium contortisiliquum sown directly into holes fertilized with treatment of breaking dormancy, and with physical protectors of germination (PFG), degraded by mining area of gravel. Thus, the germination was analyzed in the laboratory and field, humidity and temperature inside and outside of PFG, percentage of predation and mortality, and height and diameter of the seedlings in the field. The gravel pit studied, is located within the Farm Water Clean -FAL/UnB, which were defined 3 randomized blocks, each with four treatments and being 10 holes for each species: (T1) seeds in grave without physical protector of germination; (T2 ) seeds on pit with physical protector of germination; (T3) treatment of seeds with breach of dormancy without physical protector of germination; (T4) treatment of seed with breach of numbness in pit with physical protector of germination. The physical protectors of germination were produced with PET bottles, cut the base and top, leaving with 17cm in height. The number of employed was 3 sowing seeds of the same species / pit. We also examined the substrate of gravel pit and cerrado ss Adjacent and speed of infiltration of water in that soil and substrate. The temperatures and humidity were higher in the physical protectors of germination (PFG) for both species. The humidity within the PFG was greater with respect to the presence of seedlings C. Langsdorffii, showing that the species is capable of creating a more humid microclimate. The PFG reduced the mortality and predation of the species E. Contortisiliquum and C. Langsdorffii, contributing to the control of natural predators, without the need for application of defensive chemicals. The mechanical scarification and employment of PFG increased the percentage of germination of both species. The mechanical scarification combined with the use of PFG improves development in height of the seedlings of both species. Seedlings of E. Contortisiliquum had better development in the area decapitated than the species C. Langsdorffii. The use of PFG can be a viable alternative to help reforestations from direct seeding of species Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2008.
Aparece nas coleções:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_AnaPaulaAbreuAndrade.pdf580,11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.