Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13637
Título: Abordagem do modelo transteórico no comportamento alimentar
Título(s) alternativo(s): Transtheoretical model approach in eating behavior
Autor(es): Bertolin, Maria Natacha Toral
Slater, Betzabeth
Assunto: Hábitos alimentares
Modelo transteórico
Nutrição - avaliação
Data de publicação: Nov-2007
Editor: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Citação: BERTOLIN, Maria Natacha Toral; SLATER, Betzabeth. Abordagem do modelo transteórico no comportamento alimentar. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, n. 6, nov./dez. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000600025&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 16 jul. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232007000600025.
Resumo: O estudo do comportamento alimentar tem despertado grande interesse por se tratar de um elemento importante para o sucesso de intervenções nutricionais. Considerando-se a complexidade do tema e as inúmeras influências a que está submetido, sugere-se que o aprofundamento de pesquisas sobre os determinantes do comportamento alimentar possibilite maior impacto nas ações de promoção de práticas alimentares saudáveis. A adoção cada vez mais freqüente de uma alimentação inadequada no Brasil e no mundo leva a um questionamento sobre o impacto das intervenções nutricionais tradicionalmente utilizadas em âmbito populacional. Diversas estratégias de educação nutricional são atualmente descritas na literatura; contudo, alcançar a motivação da população para uma mudança efetiva do padrão alimentar ainda é um dos grandes desafios para a saúde pública. A aplicação do modelo transteórico parece ter um papel promissor em relação à melhor compreensão da mudança de comportamento alimentar, almejada nas intervenções nutricionais. Estratégias que envolvam o direcionamento para cada estágio de mudança de comportamento, identificado segundo essa teoria, podem ser mais eficazes quanto à motivação dos indivíduos a adotar práticas alimentares mais saudáveis. ________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
he study of eating behavior has been much interest, as this is an essential element for the success of dietary interventions. In view of the complexity of the subject and the countless influences to which it is subject, it is suggested that an in-depth exploration of eating behavior determinants enhances the impact of programs promoting healthy dietary practices. Increasingly more frequent, the adoption of inadequate diets in Brazil and elsewhere in the world leads to questions about the impact of dietary interventions traditionally applied to population groups. Many nutritional education strategies are currently described in the literature; however, motivating people to change their eating habits is still a major public health challenge. Applying the transtheoretical model seems to have a promising role for an enhanced understanding of changes in eating habits that are targeted by dietary interventions. Strategies that are tailored to each step in these changes, as identified by this theory, can motivate people more effectively to adopt healthier eating habits.
Licença: Ciência e Saúde Coletiva - Todos os conteúdos deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?lng=en. Acesso em: 16 jul. 2013
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232007000600025
Aparece nas coleções:NUT - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AbordagemModeloTransteorico.pdf52,9 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.