Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13542
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_KarenGeiselDomingues.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open
Title: Silêncio de Narciso : da relação do professor com o não-saber
Authors: Domingues, Karen Geisel
Orientador(es):: Almeida, Inês Maria Marques Zanforlin Pires de
Assunto:: Educação - Brasil
Professores - formação
Psicologia educacional
Narcisismo
Issue Date: 10-Jul-2013
Citation: DOMINGUES, Karen Geisel. Silêncio de Narciso: da relação do professor com o não-saber. 2013. vii, 199 f. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Esta pesquisa busca contribuir com a análise da relação do sujeito professor, bem como sobre minha própria relação com o não-saber e sua articulação com a prática docente inserida em uma sociedade configurada pelo gozo do uso do conhecimento. Para tal, investigou-se acontecimentos significativos para os professores em seu trabalho que lhes tenham provocado angústias e fantasias; identificou-se os processos psíquicos utilizados para possível resolução de conflitos associados às experiências da relação com o não-saber; averiguou-se as interpretações dadas pelo professor a possíveis falhas/faltas em seu conhecimento, como também observar possíveis relações entre história de vida e constituição do docente na relação com não-saber. Para tanto, a abordagem psicanalítica foi trazido como referencial teórico a fim de construir-se uma possível compreensão dos elementos encontrados nas seis entrevistas com professores do curso de Pedagogia da Universidade de Brasília, baseadas no método clínico para coleta de dados. Os resultados apontam que a constituição da profissão docente está profundamente enraizada na ambivalência, onde encontram-se em oposição as idealizações e projeções sobre o lugar do professor e sua capacidade em lidar com esse lugar; a habilidade empática do professor com o aluno em sua relação com o não-saber e a identificação projetiva provocadora de mal-estar; a necessidade de gerenciamento dos pólos tradição – criatividade, a capacidade do professor em escutar para além do dito e enxergar para além do vislumbrado, e, finalmente, a apresentação do professor como sujeito do silêncio, em oposição ao discurso proposto pela consciência. Pode-se verificar que a Educação se vale do não-saber tanto como matéria-prima e alimento para o desenvolver de novos saberes, como também alimenta-se dele a fim de manter o mecanismo de organização social vigente, necessária ao sentimento de estabilidade do grupo social. As metodologias que empregam o pensamento complexo e a pesquisa como procedimento de aprendizagem podem ser uma forma criativa para alunos e professores lidarem com o não-saber, como também uma nova maneira para ambos lidarem com as projeções de ideal de eu e figuras parentais sobre o lugar ocupado pelo professor. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present research aims to discuss the relationship between professors and the not-knowing, as my own, in a society configured by the gratification given by the knowledge. Therefore, it was investigated meaningful events for the teachers, which may cause anguish and fantasies; it was identified psychic processes involved in possible conflict resolutions associated with the experience of the not-knowing; also, it was investigated the interpretation given by the teachers about the possible flaws or gaps in their work with knowledge; at last, it was observed how life story may interfere in the docent constitution related with the not-knowing. This study was methodologically oriented by Psychoanalysis to build up the comprehension over the 7 interviews with the professors of the course of education in the University of Brasília. The results pointed out that the docent constitution seems to be deeply rooted in ambivalence, where it was found in opposition: the idealizations and projections over the place of the teacher and his capacity to deal with this place; the teacher’s ability of empathy with the pupil in his relationship with the not-knowing and his projective identification which may cause many disorders. There was also the need to deal other oppositions: tradition versus creativity and the accuracy of the teacher to hear and to watch over the speech and the view. Finally, the professor may appear as the subject of silence in opposition to the discourse of the consciousness. By the end, it was configured that Education can either guide the not-knowing to the knowledge lands or to be guided by it, when it sustains the constructed knowledge to serve the stability needed by society. The research method and the complex paradigm may be appearing in the classrooms as a creative form to teach and also a new manner for teacher and pupils to deal with the not-knowing in order to face differently the many idealizations and projections of perfection over the figure of the professor.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/13542/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.