Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13522
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_EdmaCristinaAlencarGois.pdf2,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Cartografias dissonantes : corporalidades femininas em narrativas brasileiras contemporâneas
Autor(es): Góis, Edma Cristina Alencar de
Orientador(es): Dalcastagnè, Regina
Assunto: Escritoras
Literatura brasileira
Feminismo
Data de publicação: 8-Jul-2013
Referência: GÓIS, Edma Cristina Alencar de. Cartografias dissonantes: corporalidades femininas em narrativas brasileiras contemporâneas. 2013. 196 f., il. Tese (Doutorado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Uma das marcas da literatura brasileira contemporânea é a narração em primeira pessoa associada a uma consciência do/a autor/a do seu papel de produtor/a de representações sociais a partir de um espaço de formação discursiva. No campo literário brasileiro, escritoras colocam em cena problemas de representações de gênero a partir de novos desenhos de corporalidades. Personagens adoentadas, com distúrbios alimentares, vivendo outras práticas da sexualidade ou envolvidas em crises de padronização são alguns dos tipos encontrados em romances publicados pelas editoras mais importantes do país – Companhia das Letras, Record e Rocco – entre 2001 e 2010, período compreendido neste estudo. De modo consciente ou não, estas escritoras põem em ação a política da localização, ao sugerir a discussão de questões sociopolíticas a respeito das mulheres a partir do seu ponto central de diferenciação, o corpo feminino. Contaminada por autoras/es de diversas áreas de conhecimento, como a ciência política, a história e a crítica de arte, e ancorada nos conceitos de representação, gênero e corpo, analiso dez romances das autoras Adriana Lunardi, Carol Bensimon, Carola Saavedra, Cíntia Moscovich, Elvira Vigna, Livia Garcia-Roza e Tatiana Salem Levy. Nos três capítulos de análise acrescento obras de artes visuais de diferentes criadoras para um diálogo interartes, pensando como as questões das corporalidades femininas são movimentadas por outras expressões artísticas. Um dos objetivos desta tese é observar que tipos corporais são cartografados nos romances brasileiros contemporâneos das editoras de maior visibilidade. Além disso, pergunta-se o que esses desenhos dissonantes dizem sobre os problemas de representação e o descentramento de gênero no campo literário brasileiro. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
One of the marks of contemporary Brazilian literature is first-person narration associated with awareness by the author of his/her role of a producer of social representations deriving from a space of discursive formation. In the Brazilian literary field, writers pose gender representation problems derived from new designs of corporalities. Sick characters, characters with eating disorders, having other sexual practices or experiencing a crisis of standardization are a few of the types which can be found in novels published by the most important publishing houses in the country – Companhia das Letras, Record e Rocco – between 2001 and 2010, period comprised in this study. Consciously or not, these authors put into action the politics of location, as they suggest the discussion of sociopolitical questions about women from their central point of differentiation, the female body. Contaminated by authors from several areas of knowledge, such as political science, history as well as art criticism and history, I analyze ten novels written by Adriana Lunardi, Carol Bensimon, Carola Saavedra, Cíntia Moscovich, Elvira Vigna, Livia Garcia-Roza and Tatiana Salem Levy. In the three chapters of analysis I add visual arts works from different artists in order to promote interart dialogue, reflecting about how the questions of female corporalities are moved by other forms of artistic expressions. One of the aims of this thesis is to observe which corporal types are mapped in contemporary Brazilian novels from publishing houses with greater visibility. Besides that, one enquires about what these dissonant drawings say about the problems of representation and the decentering of gender in the Brazilian literary field.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2013.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.