Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1344
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_2008_KelleyCristineGDiasGasque.pdf2,08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O pensamento reflexivo na busca e no uso da informação na comunicação científica
Autor(es): Gasque, Kelley Cristine Gonçalves Dias
Orientador(es): Costa, Sely Maria de Souza
Assunto: Pensamento reflexivo
Busca da informação
Uso da informação
Pesquisador em formação
Letramento informacional
Comunicação científica
Data de publicação: 26-Fev-2009
Referência: GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. O pensamento reflexivo na busca e no uso da informação na comunicação científica. 2008. 242 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Resumo: A presente pesquisa buscou identificar o tipo de relação entre o pensamento reflexivo e as competências empregadas na busca e no uso da informação na comunicação científica por pesquisadores em formação. Para tanto, verificou-se a ocorrência do pensamento reflexivo nos processos de busca e de uso da informação e mapearam-se os conhecimentos e competências utilizados por pesquisadores em formação nos referidos processos. Utilizou-se o conceito de pensamento reflexivo concebido por Dewey e os indicadores de atividade reflexiva propostos por Zeichner e Liston. A Teoria Fundamentada (Grounded Theory) orientou os procedimentos metodológicos da pesquisa, cujos dados foram coletados por meio de entrevistas com 13 pesquisadores em formação oriundos da Universidade de Brasília, Universidade de São Paulo e Pontifícia Universidade Católica do Paraná. O estudo definiu como pesquisadores em formação estudantes de mestrado e doutorado. Selecionou-se uma amostra de estudantes na etapa final dos cursos de antropologia, educação, geologia, matemática, nefrologia e sociologia, abrangendo sujeitos das três principais divisões do conhecimento, nomeadamente, ciências exatas e naturais, ciências sociais e humanas, artes e humanidades. Os resultados evidenciam que a maior parte do pensamento empregado na busca e no uso da informação é do tipo não-reflexivo; que o letramento informacional na pós-graduação é influenciado pelas experiências e sentimentos com pesquisa na educação básica, na graduação e pela participação em projetos de iniciação científica. Além disso, observou-se que o letramento informacional na pós-graduação sofre influência de outros fatores como: a cultura acadêmica, atitude dos professores em relação à busca e ao uso da informação, concepção de ensino e aprendizagem, infraestrutura e custos da informação e consciência do grau de competência informacional. As relações percebidas entre o pensamento reflexivo e as competências empregadas na busca e no uso da informação são de natureza multirreferencial, no sentido em que se caracteriza pela pluralidade tanto dos fenômenos envolvidos quanto das relações entre eles. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The aim of this research was to identify the type of relation between reflexive thinking and the competences used in information seeking and using (ISU) related to scientific communication by researchers in formation. Therefore, it was verified the reflexive thinking in information seeking and using (ISU) and the competences and knowledge to be utilized by researchers in these processes. Its theoretical frame was provided by the Dewey’s reflexive thinking concept and Zeichner and Liston’s reflexive activity indicators. The Grounded Theory was the base for the methodological procedures of the research, whose data were gathered through interviews with 13 beginning researchers of Universidade de Brasília (UnB), Universidade de São Paulo (USP), and Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). The study selected, as researchers in formation, students of master’s and doctor’s degree at the final period of their anthropology, education, geology, mathematics, nephrology, or sociology studies, including individuals from the three generally recognized scientific areas — exact and natural sciences, social and human sciences, arts and humanistic studies. The results point out that most of the thinking processes, employed in information seeking and using (ISU), was of non-reflexive type, and that the information literacy in post-graduation courses is influenced by personal feelings and experiences emerged from primary and secondary schools and graduation research activities, as well as the participation in beginning research projects. Besides, it was observed that information literacy in postgraduation programs results from many factors, such as academic culture, teacher behavior related to information seeking and using (ISU), teaching and learning concepts, information physical resources, and the conscience of personal competence in ISU. The connections observed between the reflexive thinking and the competences employed by beginning researchers in information seeking and using (ISU) have a multireference configuration, characterized not only by the plurality of the phenomena involved, but also by their interactions.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2008.
Aparece nas coleções:FCI - Doutorado em Ciência da Informação (Teses)
UnB - Brasília 50 anos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.