Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1339
Título: Mosaico de olhares : um diálogo entre a Universidade de Brasília e o Assentamento Colônia I
Autor(es): Villas Bôas, Fernanda Litvin
Orientador(es): Martins, Leila Chalub
Coutinho, Laura Maria
Assunto: Educação ambiental
Sustentabilidade
Pesquisa-ação
Recursos audiovisuais
Data de publicação: 26-Fev-2009
Data de defesa: Mai-2008
Referência: VILLAS BÔAS, Fernanda Litvin. Mosaico de olhares: um diálogo entre a Universidade de Brasília e o Assentamento Colônia I. 2007. 125 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Resumo: O presente estudo tem como objetivo discutir a potencialidade da educação ambiental na conformação de processos sociais comprometidos com os princípios da sustentabilidade, a partir do estudo de caso no Projeto de Assentamento (PA) Colônia I, localizado no município de Padre Bernardo, em Goiás. O PA Colônia I vem interagindo com a Universidade de Brasília, por meio de projetos de pesquisa e extensão, desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho de Apoio à Reforma Agrária (GTRA/DEX/UnB), desde 2000. Foi possível verificar que os projetos de educação ambiental participativa, compreendidos como todo o processo de intervenção realizado pela extensão universitária promovida pela UnB, interferiram na dinâmica de organização das famílias assentadas, resultando em transformações econômicas, sociais, espaciais, ambientais e culturais. Observou-se que, ao longo dos últimos seis anos, os princípios da sustentabilidade têm sido amadurecidos e progressivamente incorporados pelos produtores. A apropriação dos conhecimentos por parte da comunidade tem sido essencial para garantir a continuidade das ações. A discussão sobre a educação ambiental parte do pressuposto de que esta deve contemplar os aspectos culturais, políticos, sociais, econômicos e territoriais, além da dimensão ambiental. Com base nas leituras realizadas foi possível notar que não há consenso em relação à “educação ambiental” e que existem variadas compreensões teóricas que revelam diferentes posicionamentos político-pedagógicos. A pedagogia emancipatória no contexto da educação ambiental visa contribuir para que os indivíduos se posicionem criticamente diante da realidade que os circunda. No caso do Assentamento Colônia I, observou-se que a educação ambiental emancipatória representa um dos fatores importantes que contribuiu para o fortalecimento da organização familiar. O referencial metodológico para a realização desta pesquisa é qualitativo e contempla os princípios das pesquisas participantes. Foi possível experimentar a metodologia da pesquisa-ação a partir da consolidação de um grupo pesquisador-coletivo cujo objetivo foi a construção de um produto audiovisual sobre a história das famílias assentadas no Colônia I, a partir da composição de um mosaico de olhares capaz de demonstrar a diversidade de percepções, valorizando as falas dos sujeitos envolvidos como protagonistas de suas respectivas histórias de vida. O documentário “Mosaico de Olhares: bem-vindo ao Assentamento Colônia I” permitiu refletir sobre o uso de novas linguagens na pesquisa acadêmica. Foi possível concluir que a construção coletiva do vídeo representou um material pedagógico bastante eficiente para fortalecer a autonomia do grupo envolvido, constituindo um elemento integrador dos princípios da educação ambiental emancipatória. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present study discusses the potentiality of environmental education in building a social process compromised with the principles of sustainability based on the settlement project Colônia I’s case study, situated at the Padre Bernardo county, Goiás. Colônia I comes to be interacting with Brasilia’s University by research projects and extension activities, developed by the Agrarian Reform Support Work Group (GTRA), since 2000. It was verified that the participative environmental education, understood as the whole process of intervention developed by Brasilia´s University, interfered in the dynamics of the settled families’ organization, resulting in economic, spatial, social, environmental and cultural transformations. Along the last six years it was observed that the principles of sustainability have been progressively matured and incorporated by the farmers. The knowledge obtained by the community has been essential in order to guarantee the continuity of their performance. The argument about environmental education considers cultural, political, social, economic and territorial dimensions beyond the environmental one. Based on the read bibliography it is possible to say that there is not a consensus in labeling “environmental education” and exist a variety range of theories that reveal different political-educational points-of-view. The emancipative education in the context of environmental education tries to establish a critical positioning for the individual facing his surrounding reality. In the case o settlement Colônia I, emancipative environmental education was an important factor that contributed to strengthen the families´ organization. The methodological approach for doing this research was a qualitative one and considered principles of participant methodologies. It was possible to experience research-action methodology by forming a group of collective-researchers that had the production of an audiovisual documentary about the stories of the families settled in Colônia I as their production. It was done based on a mosaic of perspectives capable of showing the diversity of perceptions and valuing the subjects´ speech as protagonists of their respective life histories. The documentary “Beholding Mosaic: welcome to Colônia Settlement” allowed the reflection about the use of new languages in qualitative research. One can conclude that the collective construction of the movie was a very efficient educational tool to strengthen the autonomy of the evolved community, becoming an integration element of the principles of the emancipative environmental education.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2008.
Aparece nas coleções:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_2007_FernandaVillasBoas.pdf3,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.