Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13136
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ApoioInstitucionalProcessos.pdf380,58 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O apoio institucional aos processos de democratização das relações de trabalho na perspectiva da humanização
Outros títulos: The institutional support to processes democratization of labor relations in humanization view
El apoyo institucional a la democratización de las relaciones laborales en la perspectiva de la humanización
Autor(es): Oliveira, Gustavo Nunes de
Assunto: Relações de trabalho
Desenvolvimento institucional
Política de saúde
Data de publicação: 2012
Editora: Núcleo de Estudos em Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB)
Referência: OLIVEIRA, Gustavo Nunes de. O apoio institucional aos processos de democratização das relações de trabalho na perspectiva da humanização. Tempus - Actas de Saúde Coletiva, Brasília, v. 6, n. 2, 2012. Disponível em: <http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/1125>. Acesso em: 16 maio 2013.
Resumo: O apoio institucional é pensado na Política Nacional de Humanização como uma função estratégica, um modo de produzir processos de democratização institucional, a partir da ativação de espaços de cogestão e de redes que se ponham a pensar em termos coletivos os processos de trabalho, as suas condições e relações. Partindo de experiências de organização do apoio institucional, de diferentes formas de inscrição da função apoio nas organizações discute-se neste artigo as potencialidades do apoio institucional como modo de intervenção nas relações de trabalho no sentido da democratização institucional. _______________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Institutional support is thought in the National Policy of Humanization as a strategic function, a way of producing institutional processes of democratization, from the activation of co-management of spaces and networks that are put to think in terms of collective labor processes, their conditions and relations. Based on experience of organizing institutional support, in different ways of registration of the support function in organizations is discussed in this article the potential of institutional support as a means of intervention in labor relations in the sense of institutional democratization. _______________________________________________________________________________________________________ RESUMEN
El apoyo institucional se piensa en la Política Nacional de Humanización como una función estratégica, una manera de producir la democratización de los procesos institucionales, a partir de la activación de la co-gestión de los espacios y redes que se ponen a pensar en términos de procesos colectivos de trabajo, sus condiciones y las relaciones. Basándose en la experiencia de la organización de apoyo institucional, en diferentes formas de registro de la función de apoyo en las organizaciones se discute en este artículo la posibilidad de un apoyo institucional como un medio de intervención en las relaciones laborales en el sentido de la democratización de las instituciones.
Licença: Tempus - Actas de Saúde Coletiva - Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons (Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported (CC BY-NC-SA 3.0)). Fonte: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/1125. Acesso em: 16 maio 2013.
Aparece nas coleções:DSC - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.