Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/13109
Título: Performance e experiência nas narrativas orais da fronteira entre Argentina, Brasil e Uruguai
Autor(es): Hartmann, Luciana
Assunto: Narrativas históricas
Contadores de histórias
Fronteiras - Brasil - Argentina
Fronteiras - Brasil - Uruguai
Data de publicação: Jul-2005
Editor: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (IFCH/UFRGS)
Citação: HARTMANN, Luciana. Performance e experiência nas narrativas orais da fronteira entre Argentina, Brasil e Uruguai. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v. 11, n. 24, jul./dez. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832005000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 15 maio 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832005000200007.
Resumo: Na fronteira entre Argentina, Brasil e Uruguai as narrativas orais transgridem limites políticos e, ao circularem entre as vizinhas regiões, vão revelando identidades, tradições, sentimentos. Esta transmissão de valores e práticas que se dá através da narração de histórias é parte fundamental da "cultura da fronteira", existente entre os três países enfocados. Neste artigo abordo um aspecto específico desta cultura, aquele que diz respeito às performances dos contadores de causos/cuentos e sua importância na organização e transmissão da experiência de viver na fronteira. Inicialmente faço um levantamento teórico da relação entre experiência, performance e narrativa. Na seqüência, demonstro, através de duas narrativas – um "causo" cômico e uma história pessoal – como os conceitos de "performance como espetáculo" e "performance como desempenho", depreendidos da análise dos dados empíricos, auxiliaram na compreensão das diferentes formas de engajamento de contadores e ouvintes nos eventos narrativos da região. __________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In the frontier among Argentina, Brazil and Uruguay oral narratives transpose political limits. On circulating in this region, narratives reveal identities, traditions and even feelings. In these countries the practice of storytelling is a central aspect of a "culture of frontier", it is fundamental for transmitting values and knowledge. In this paper I present an specific aspect of this culture: the story-tellers performances and its importance on the organization and transmission of the experience of living in the frontier. Firstly, it is done a theoretical approach about the relationship among experience, performance and narrative definitions. Then, presenting two narratives – one a comic story, and the other a personal life narrative – I explain how concepts of "performance as an exhibition" and "performance as skill" can be useful to understand the different forms storytellers act in narrative events.
Licença: Horizontes Antropológicos - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0104-7183&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 15 maio 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832005000200007
Aparece nas coleções:CEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PerformanceExperienciaNarrativas.pdf94,01 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.