Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12937
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ReductionIncidenceSeverity.pdf64,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Reduction of incidence and severity of Septoria lycopersici leaf spot of tomato with bacteria and yeasts
Outros títulos: Redução da incidência e severidade da mancha foliar do tomateiro causada por Septoria lycopersici com bactéria e leveduras
Autor(es): Blum, Luiz Eduardo Bassay
Assunto: Controle biológico
Tomate - doenças e pragas
Septoriose
Data de publicação: Out-2000
Editora: Universidade Federal de Santa Maria
Referência: BLUM, Luiz Eduardo Bassay. Reduction of incidence and severity of Septoria lycopersici leaf spot of tomato with bacteria and yeasts. Ciência Rural, Santa Maria, v.30, n.5, p.759-763, set./out. 2000. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cr/v30n5/a03v30n5.pdf>. Acesso em: 26 abr. 2013.
Resumo: SUMMARY
Septoria leaf spot, caused by Septoria lycopersici, is an important disease of tomato (Lycopersicon esculentum) which is mainly controlled by fungicide sprays. One of the alternatives to reduce fungicide applications is the use of leaf antagonists such as yeast and bacterium. This study was conducted from 1994 through 1995 in Auburn, AL, USA. The pathogen and one antagonist were isolated from field plants. In greenhouse, six yeast and one bacterial isolates were tested, in a set of seven experiments. The experiments were conducted in a completely randomized design with four to eight treatments and six replications. The antagonists (1-3 ´ 108 colony forming units ml-1) were inoculated 48h before the inoculation of the pathogen (1-2 ´ 105 conidia ml-1), under conditions of intermittent misting. The yeast isolate Y236 (Cryptococcus laurentii) and the bacterial isolate BTL (Pseudomonas putida) significantly (P £ 0.05)reduced the incidence or the severity of the disease in most experiments. __________________________________________________________________________________ RESUMO
A mancha foliar causada pelo fungo Septoria lycopersici é uma doença no tomateiro (Lycopersicon esculentum), controlada basicamente pela aplicação de fungicidas. Uma das alternativas ao controle químico dessa enfermidade é a utilização de bactérias e leveduras antagonistas. Este estudo foi conduzido de 1994 a 1995 em Auburn, Alabama, EUA. O patógeno e um dos antagonistas foram isolados do filoplano de plantas de tomateiro infectadas pela doença em questão. Sete antagonistas (um isolado de bacteria e seis de leveduras) foram testados em uma série de sete experimentos conduzidos em casa de vegetação. Os experimentos foram conduzidos em um delineamento completamente casualizado com quatro a oito tratamentos e seis repetições. Em todos os experimentos, os antagonistas (1-3 ´ 108 unidades formadoras de colonia ml-1) foram inoculados 48h antes da inoculação com o patógeno (1-2 ´ 105 conidios ml-1), sob condições de nebulosidade intermitente. Entre os antagonistas testados, destacaram-se o isolado de levedura Y236 (Cryptococcus laurentii) e o isolado bacteriano BTL (Pseudomonas putida). Ambos os isolados reduziram significativamente (P £ 0.05) a incidência e a severidade da doença na maioria dos experimentos.
Licença: O periódico Ciência Rural está licenciado sob uma Licença Creative Commons Uso Não Comercial (CC BY NC). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-8478&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 26 abr. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782000000500003
Aparece nas coleções:FIT - Artigos publicados em periódicos



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.