Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12874
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_SimoneSoaresSalgado.pdf2,28 MBAdobe PDFView/Open
Title: Invertebrados associados a guano de morcegos em cavernas do Distrito Federal
Authors: Salgado, Simone Soares
Orientador(es):: Motta, Paulo César
Assunto:: Cavernas - invertebrado
Inseto - alimentos
Guano
Issue Date: 24-Apr-2013
Citation: SALGADO, Simone Soares. Invertebrados associados a guano de morcegos em cavernas do Distrito Federal. 2011. 90 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: O ecossistema de caverna está conectado ao solo e ao ecossistema de superfície pela entrada alóctone de energia, que em cavernas tropicais secas é representada principalmente pelo guano de morcegos. Na região neotropical, a alta riqueza de espécies de morcegos que utilizam cavernas como abrigo resulta em importação de energia por meio de depósitos de guano com qualidades distintas, uma vez que os morcegos utilizam uma grande variedade de recursos alimentares. O objetivo do primeiro capítulo foi caracterizar quantitativa e qualitativamente a disponibilidade de recurso (guano) como influência na riqueza e diversidade da comunidade de invertebrados em cinco cavernas (Sal/Fenda II, Dois Irmãos, Labirinto da Lama, Gruta dos Morcegos e Água Rasa) localizadas no Distrito Federal; e no segundo capítulo, analisar o fluxo de energia em cadeia alimentar da caverna Labirinto da Lama, por meio da determinação da origem alimentar de presas e predadores com a utilização da razão isotópica de carbono e nitrogênio. As coletas no ambiente cavernícola de invertebrados e de amostras de guano de morcegos foram realizadas manualmente e com funil de Berlese; os animais e serapilheira do ambiente externo foram coletados manualmente, sendo os primeiro coletados com auxílio de batedor entomológico e com armadilhas de queda. Os fatores físicos e químicos dos depósitos, analisados nas cinco cavernas foram pH, área, IDM, teor de C, N e P. A análise de isótopos estáveis de carbono e nitrogênio na caverna Labirinto da Lama foi realizada para todos os invertebrados e para amostras de guano de morcegos e da serapilheira. Os resultados para as cinco cavernas mostraram que o aumento da riqueza e da diversidade de invertebrados não está relacionado a nenhum dos fatores físicos e químicos, devido à baixa quantidade de depósitos encontrados para cada caverna. A análise qualitativa do depósito de guano, com base no tipo de dieta alimentar do morcego, mostrou que depósitos similares com relação ao hábito alimentar dos morcegos nem sempre permitem o desenvolvimento de comunidades similares de invertebrados. A riqueza e a diversidade de invertebrados também podem estar relacionadas às diferenças geológicas entre as cavernas estudadas e às características da vegetação do ambiente externo e seu grau de preservação. A maior riqueza encontrada na caverna Água Rasa poderia ser explicada pelo conjunto de fatores influenciadores tanto do depósito quanto das características da caverna. Na caverna Labirinto da Lama, resultados mostraram que o guano não representa o único item alimentar para grilos Endecous sp. e baratas Blattidae no interior da caverna, tanto na região próxima quanto na região distante da entrada, e tanto no final da estação chuvosa quanto no final da estação seca. Por sua vez, esses grilos e baratas fazem parte da dieta da aranha Isoctenus coxalis, mas não representam os únicos recursos alimentares. Isso pode ser explicado pela dieta generalista e pela maior mobilidade desses grilos, baratas e aranhas, que os permitem ter acesso a outros itens alimentares. Nesse estudo, o carbono (δ13C) foi um importante indicador das fontes autotróficas, e o nitrogênio (δ15N) um importante indicador do nível trófico dos consumidores. A teia de interações alimentares compreende animais do ambiente externo e animais do ambiente cavernícola, e que nesse estudo está representado tanto por animais silvestres (morcegos e invertebrados) quanto por animais domésticos (gado), ou seja, representa uma teia alimentar influenciada pela interferência antrópica. Dessa forma, é importante que a fauna cavernícola seja estudada e preservada no contexto de toda paisagem na qual a caverna está inserida. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The cave ecosystem is connected to ground and surface ecosystem by input of energy that in tropical dry cave is represented mainly by the bat guano. In the Neotropics, the high species richness of bats using caves as shelter results in energy imports by deposit of guano with different qualities, because they use a variety of food resources. The goal of the first chapter was to characterize quantitatively and qualitatively the availability of resources (guano) as an influence on the richness and diversity of invertebrate communities in five caves (Sal/Fenda II, Dois Irmãos, Labirinto da Lama, Gruta dos Morcegos and Água Rasa) located at Distrito Federal, Brazil; and in the second chapter, we analyze the energy flow in food chain in the cave Labirinto da Lama, through the determination of food sources of prey and predators using the isotopic ratio of carbon and nitrogen. Invertebrates inside the cave and bat guano were sampled manually and with a Berlese extractor, animals and litter in the external environment were collected by hand or using beating sheet and pitfall traps. The physical and chemical aspects of guano were pH, area, IDM, and content of C, N and P. The analysis of stable isotopes of carbon and nitrogen in the Labirinto da Lama Cave was performed for all samples of invertebrates and bat guano and leaf litter. The increase of richness and diversity are not related to any of the physical and chemical factors, due to the low number of deposits found in each cave. The qualitative analysis of the deposit of guano, based on the type of diet of the bat, showed that similar deposits in relation to the feeding habits of bats do not always allow the development of similar communities of invertebrates. The richness and diversity could be related to geological differences between the studied caves and vegetation characteristics of the external environment and its preservation degree. The greater richness found in the Água Rasa cave could be explained by the set of influential factors both the deposit and the characteristics of the cave. In the Labirinto da Lama cave, the results showed that guano is not the only food item for crickets Endecous sp. and cockroaches (Blattidae) inside the cave, both in the nearby region and the region far from the entrance, and either at the end of the rainy season or the end of the dry season. In turn, these crickets and cockroaches are part of the diet of spider Isoctenus coxalis, but do not represent the only food resources. This can be explained by a generalist diet and the increased mobility of crickets, cockroaches and spiders, which enable them to access other food items. In this study, carbon (δ13C) was an important indicator of autotrophic sources, and nitrogen (δ15N) an important indicator of the trophic level of consumers. The food web of interactions includes animals of the external environment and animals in the cave environment, represented both by wild animals (bats and invertebrates) and for domestic animals (cattle), representing a food web influenced by human interference. Thus, it is important that the cave fauna is preserved and studied in the context of the entire landscape in which the cave is located.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2011.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/12874/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.