Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12853
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_MárcioMartins.pdf818,29 kBAdobe PDFView/Open
Title: A psicodinâmica do reconhecimento no trabalho de informática de terceirizados e concursados de uma instituição pública
Authors: Martins, Márcio
Orientador(es):: Mendes, Ana Magnólia Bezerra
Assunto:: Servidores públicos
Terceirização
Informática
Serviço público
Psicologia industrial
Issue Date: 23-Apr-2013
Citation: MARTINS, Márcio. A psicodinâmica do reconhecimento no trabalho de informática de terceirizados e concursados de uma instituição pública. 2012. 127 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: A pesquisa tem como objetivo geral analisar o reconhecimento no trabalho de informática dos terceirizados e concursados de uma instituição pública. Como objetivos específicos descrever a organização do trabalho dos terceirizados e concursados; comparar as contradições entre o prescrito e o real; analisar as vivências de prazer e sofrimento; e descrever a dinâmica do reconhecimento dessas duas categorias. Segundo a abordagem da psicodinâmica do trabalho proposta por Christophe Dejours reconhecimento é a retribuição simbólica do investimento físico, cognitivo e afetivo, vivenciado como prazer e sofrimento em função das contradições entre o trabalho prescrito e o real. É por meio do reconhecimento que ocorre a construção da identidade. O método foi da psicodinâmica do trabalho seguindo três etapas: pré-pesquisa, pesquisa e validação. Foram realizadas três sessões coletivas com cada categoria, com duração de duas horas. Os dados foram analisados por meio da interpretação da fala e classificados em três eixos: organização do trabalho; vivências de prazer e sofrimento; dinâmica do reconhecimento. Por parte dos concursados verificou-se uma organização do trabalho pautada em regras rígidas, com a prescrição em descompasso com o real; ritmo acelerado; sobrecarga; pouca cooperação; relações socioprofissionais desgastadas, ambíguas e distantes do campo afetivo; A gestão não dá espaço para mudanças. Consideram-se altamente qualificados, com traços narcisistas, porém não reconhecidos. Seu trabalho não é notado pela administração, nem pelos usuários. Há ocorrências de atrasos na entrega de serviços por questões burocráticas e políticas. Já os terceirizados apontaram uma organização do trabalho baseada em uma lógica perversa, contrato de trabalho fragilizado; salário bem abaixo dos concursados; status inferior; organização sem vínculo afetivo. Percebem-se como mão de obra “descartável”, porém submetidos às mesmas normas, ritmos e horários. As condições de trabalho mais precárias recaem sobre esses participantes. Registraram-se sentimentos de insegurança e relatos de humilhação. O contrato é constantemente questionado na esfera jurídica. Porém, a comunicação e cooperação ocorrem de forma harmônica e solidária. Os terceirizados sentem-se reconhecidos pelos pares e pelos usuários, por causa da visibilidade e utilidade da sua atividade, realizada in loco, isto é, em um contexto mais social, mas não são reconhecidos pelos colegas concursados - seus chefes. Os resultados comprovam alguns estudos realizados com trabalhadores terceirizados quanto à precarização e fragilidade sócio-econômica. Corroboram com pesquisas realizadas com analistas de sistemas quanto à sobrecarga, riscos de adoecimento e características narcisistas. Contudo, não demonstram o comprometimento da identidade ligado à falta de reconhecimento, como no caso dos concursados. Concluiu-se que, em função da in/visibilidade do trabalho, os terceirizados sentem-se reconhecidos e os concursados não se sentem reconhecidos. A pesquisa contribui para avançar nas pesquisas da psicodinâmica do trabalho; para reflexão dos modelos de gestão e posturas frente à situação da terceirização no serviço público. Sugere-se, para futuros estudos, a utilização da clínica do trabalho e a investigação, como hipótese, de assédio moral. _______________________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The research aim to analyze the recognition of the work of outsourced information technology and gazetted a public institution. Specific objectives describe the organization of the work of contractors and gazetted; compare the contradictions between the prescribed and actual; analyze the experiences of pleasure and pain, and describe the dynamics of recognition of these two categories. According to the psychodynamic approach to the work proposed by Christophe Dejours recognition is symbolic retribution investment physical, cognitive and affective, experienced as pleasure and suffering due to the contradictions between the prescribed work and real. It is through the recognition that the construction of identity occurs. The method was the psychodynamics of work following four steps: demand, pre-research, research and validation. We performed three collective sessions with each class lasting two hours. Data were analyzed by means of the interpretation of speech and classified into three areas: organization of work; experiences of pleasure and pain; dynamics of recognition. By the gazetted there was a labor organization guided by rigid rules, with the prescription of step with reality; apace; overload; little cooperation, socio-professional relationships strained, ambiguous and far field of affective; management leaves no room for changes. Are considered highly qualified, with narcissistic traits, but not recognized. The work is not noticed by management, not by users. There are instances of delays in the delivery of services by bureaucratic and political issues. Already pointed outsourced work organization based on a perverse logic, weakened employment contract; salary well below the gazetted; inferior status; organization without bonding. Perceive themselves as labor "disposable", but subject to the same rules, rhythms and timings. The working conditions more precarious fall on those participants. He enrolled feelings of insecurity and humiliation reports. The contract is constantly questioned in the legal sphere. However, communication and cooperation occur in harmony and solidarity. The outsourced feel recognized by peers and users, because of the visibility and usefulness of its activity, performed in loco, ie, in a more social context, but are not recognized by colleagues gazetted - their bosses. The results confirm some studies with regard to outsourced workers and precarious socio-economic fragility. Corroborate research with systems analysts as the overhead, risk of illness and narcissistic features. However, show no impairment of identity connected to the lack of recognition, such as for exam. It was concluded that, depending on the invisbility/visibility of the work, the third party feel recognized and gazetted not feel recognized. The research contributes to advancing research on the psychodynamics of work, to reflect management models and attitudes about the situation of outsourcing in the public service. It is suggested for future studies, the use of clinical work and research the possibility of harassment suffered by contractors.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2012.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/12853/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.