Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12702
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2001_MariaRaquelGMPIres.pdf1,23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Enfermeiro com qualidade formal e política : em busca de um novo perfil
Autor(es): Pires, Maria Raquel Gomes Maia
Orientador(es): Demo, Pedro
Assunto: Enfermeiros
Qualidade de serviço
Práticas sociais
Data de publicação: 3-Abr-2013
Referência: PIRES, Maria Raquel Gomes Maia. Enfermeiro com qualidade formal e política: em busca de um novo perfil. 2001. 204 f., il. Dissertação (Mestrado em Política Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2001.
Resumo: A qualidade política se traduz na intervenção crítica e criativa das pessoas em cenários históricos, amparada pelo conhecimento inovador e pela participação dos sujeitos, podendo alargar chances e conquistas. Este estudo investiga a fragilidade política do enfermeiro em contextos sócio-históricos específicos, desenvolvendo a hipótese de que “A qualidade política e a qualidade formal são importantes para o desenvolvimento profissional do enfermeiro, potencializando um agir (ou cuidado) comprometido com a emancipação”. Como objetivos, têm-se: 1- conceituar qualidade formal, qualidade política, cuidado e emancipação; 2-investigar a qualidade formal e política do enfermeiro, detectando conflitos e fragilidades presentes no discurso e prática deste profissional e 3- apontar perfil para o profissional enfermeiro capaz de potencializar a emancipação de pessoas, baseados na qualidade formal e política. O referencial teórico baseia-se na teoria da pobreza política de Pedro Demo, na idéia de desenvolvimento humano introduzida pelo PNUD/ONU e nos conceitos de qualidade política, emancipação e cuidado emancipatório. Pesquisa qualitativa, com método dialético de abordagem, sob o enfoque históricoestrutural. A coleta de dados partiu de incursão introdutória mais quantitativa, com aplicação direta de 100 questionários, para chegar a técnica de estudo de caso, com entrevista de profundidade a 12 enfermeiros, distribuídos em dois grupos : AEnfermeiros que se aproximam da qualidade política e B- Enfermeiros que se distanciam da qualidade política. Utilizando-se as categorias qualidade política, emancipação e cuidado, a análise detectou algumas fragilidades políticas típicas nos enfermeiros e propôs indicações de perfil mais aproximado da qualidade política. O estudo aponta a perspectiva de se fortalecer a concepção de cuidado emancipatório na enfermagem, potencializando-a enquanto prática social reordenadora de desigualdades sociais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Political character is expressed by critical and creative intervention of people in historical scenarios supported by innovative knowledge and individual participation. This can increase chances and conquests. This study investigates the political weakness of the nurse in specific social and historical contexts, developing the hypothesis that “Political and formal characteristics are important to the professional development of the nurse, making possible a compromised action (or care) with the emancipation.” The goals are: 1- to define formal character, political character, care and emancipation; 2- to investigate the formal and political character of the nurse, detecting conflicts and weaknesses present in the discourse and practice of this profession and 3- to indicate the profile for the professional nurse to be able emancipate people, based on the formal and political characters. The theoretical reference is based on the political poverty theory from Pedro Demo, on the human development idea introduced by UNDP/UN and also on the definitions of political character, emancipation and emancipating care. A qualifying research was made using the dialectical method of approach, under the historical and structural application. The data collection initiated a quantitative introductory approach, with direct application of 100 questionnaires, to achieve the case study technique, with a complete interview made with 12 nurses, distributed into two groups: A – Nurses that are close to the political character and B – Nurses that are distant from the political character. Utilizing the political character categories, emancipation and care, the analysis detected some typical political weaknesses in nurses and proposed profile indications closer to the political character. The study indicates the perspective to strengthen the idea of the emancipating care in nursing, making it possible as a social policy that reorganizes social disparities.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2001.
Aparece nas coleções:SER - Mestrado em Política Social (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons