Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12694
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PoiticidadeCuidadoComo.pdf39,9 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Politicidade do cuidado como referência emancipatória para a enfermagem : conhecer para cuidar melhor, cuidar para confrontar, cuidar para emancipar
Outros títulos: Politicity of care as an emancipatory reference for nursing : getting to know to care better, delivering care to confront, delivering care to emancipate
Politicidad del cuidado como referencia emancipatoria para la enfermería : conocer para cuidar mejor, cuidar para confrontar, cuidar para emancipar
Autor(es): Pires, Maria Raquel Gomes Maia
Assunto: Autonomia
Cuidados de enfermagem
Cuidados de saúde
Data de publicação: 2005
Editora: Escola de Enfermagem de de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Referência: PIRES, Maria Raquel Gomes Maia. Politicidade do cuidado como referência emancipatória para a enfermagem: conhecer para cuidar melhor, cuidar para confrontar, cuidar para emancipar. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Rio de Janeiro, v. 13, n.5, p. 729-736, set./out. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csc/v10n4/a25v10n4.pdf>. Acesso em: 03 abr. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232005000400025.
Resumo: Por politicidade do cuidado entenda-se o manejo disruptivo da ajuda-poder, expresso pelo conhecer para cuidar melhor, cuidar para confrontar, cuidar para emancipar que, contextualizado no processo de trabalho em saúde, pode se tornar emancipatório. Esta revisão segue o método da reflexão teórica para aprofundar a ambigüidade do cuidado, concebido pelo modo de ser solidário e pelo vir a ser político. Objetivos: a- teorizar a politicidade do cuidado como gestão da ajuda-poder, capaz de subversão; b- discutir, à luz da politicidade do cuidado, o modelo assistencial em saúde das sociedades capitalistas; c- apontar dinâmicas disruptivas para a enfermagem a partir do triedro emancipatório do cuidar, indicando aplicabilidades à politicidade do cuidado no âmbito do processo de trabalho em saúde. A principal conclusão do trabalho sinaliza uma nova lógica do cuidar para a enfermagem, onde ajuda e poder se imbricam na construção da autonomia de sujeitos. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Politicity of care deals with the intelligent and disruptive handling of help-power. Such notion can mainly be expressed by the trihedron getting to know to care better, delivering care to confront, delivering care to emancipate which, when adapted to the work process in health, may become emancipatory. This theoretical-philosophical reflection explores the ambiguous aspect of care, expressed by being solidary and becoming political. Objectives: a- to reflect about the politicity of care, as management of help-power, which is capable of emancipatory subversion; b- to discuss the way capitalist societies deal with health care; c- to point out disruptive dynamics to nurses, based on the emancipatory trihedron of care. The main idea of this article is to indicate applicabilities for the conception of politicity of care in the sphere of the nursing work process, signaling emancipatory potentialities. _______________________________________________________________________________________ RESUMEN
Por politicidad del cuidado se comprende el manejo disruptivo de ayuda-poder, expresado por el triedro conocer para cuidar mejor, cuidar para confrontar, cuidar para emancipar que, contextualizado en el proceso de trabajo en salud, puede ser emancipatorio. Esta revisión se basa en el método de la reflexión teórico-filosófica para profundizar la ambigüedad del cuidado, concebido por el modo de ser solidario e por el venir a ser político. Objetivos: a- teorizar sobre la politicidad del cuidado como gestión de ayuda-poder, capaz de subversión emancipatoria; b-discutir, a la luz de la politicidad del cuidado, el modelo asistencial en salud de las sociedades capitalistas; c- apuntar dinámicas disruptivas para la Enfermería, a partir del triedro emancipatorio del cuidado. La principal conclusión del trabajo señala una nueva lógica del cuidado para la Enfermaría, donde ayuda e poder se imbrican en la construcción de la autonomía de los sujetos.
Licença: Revista Latino-Americana de Enfermagem - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=0104-1169&script=sci_serial. Acesso em: 03 abr. 2013
Aparece nas coleções:ENF - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.