Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12675
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AnaliseGestaoCuidado.pdf67,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Análise da gestão do cuidado no Programa de Saúde da Família : referencial teórico-metodológico
Outros títulos: Analysis of managed-care in the Family Health Program : the methodologic and theory referential
Análisis de la gestión de la atención en el Programa de Salud de la Familia : referencial teórico-metodológico
Autor(es): Pires, Maria Raquel Gomes Maia
Göttems, Leila Bernarda Donato
Assunto: Programa de Saúde da Família (Brasil)
Sistema Único de Saúde (Brasil)
Gestão em saúde
Data de publicação: 2009
Editora: Associação Brasileira de Enfermagem
Referência: PIRES, Maria Raquel Gomes Maia; GÖTTEMS, Leila Bernardo Donato. Análise da gestão do cuidado no Programa de Saúde da Família: referencial teórico-metodológico. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 62, n.2, mar./abr. p. 294-299, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/reben/v62n2/a20v62n2.pdf>. Acesso em: 02 abr. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672009000200020.
Resumo: Nesta reflexão, questiona-se que referencial teórico-metodológico pode ser utilizado para analisar o potencial para autonomia do cuidado no processo de trabalho do PSF. Parte-se da premissa de que a análise do processo de trabalho em saúde centrado nas contradições da gestão do cuidado contribui para o desvelamento de potencialidades emancipatórias. Objetivos: discutir as contradições, possibilidades e desafios às mudanças da gestão do cuidado no Progrma de Saúde da Família/Atenção Básica/Sistema ùnico de Saúde e propor um referencial teórico-metodológico para análise da gestão do cuidado no processo de trabalho do Programa de Saúde da Família. Conclui-se pelo uso de referenciais que explicitem se o cuidado em saúde tende mais para o domínio autoritário ou para o partilhamento de poderes entre os sujeitos, entendendo-os complementares. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The theoretical-methodological referential is questioned on the possibility of its use to analyze the potential of the Care autonomy in the working process of the Family Health Program. The premise is that the analysis of the health working process, centered on the contradictions of care management contributes for unveiling emancipating potentialities. Objectives: to discuss contradictions, possibilities and challenges to the care management changes in the Family Health Program/Primary Care/National Health System, and to propose a theoreticalmethodological referential for the analysis of the care management in the working process of Family Health Program. It is concluded that there should be used referential which explain if the health care tends more to the authoritarian dominium or to power sharing among the subjects, understanding them as complementary. _______________________________________________________________________________________ RESUMEN
En esta reflexión, se cuestiona cuál referencial teórico-metodológico puede ser utilizado para analizar el potencial para autonomía del cuidado en el proceso de trabajo del Progrma de Salud de la Familia. Se parte de la premisa de que el análisis del proceso de trabajo en salud, centrado en las contradicciones de la gestión del cuidado, contribuye para la identificación de potencialidades emancipadoras. Objetivos: discutir las contradicciones, posibilidades y desafíos en los cambios de la gestión del cuidado en Progrma de Salud de la Familia/Atención Primaria/Sistema Unico de Salud y proponer un referencial teórico-metodológico para análisis de la gestión del cuidado en el proceso de trabajo del Progrma de Salud de la Familia. Se concluye mediante el uso de referenciales que expliciten si el cuidado en salud tiende más para el dominio autoritario o para la división de poderes entre los sujetos, entendiéndolos como complementares.
Licença: Revista Brasileira de Enfermagem - Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672009000200020&script=sci_arttext. Acesso em: 02 abr. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672009000200020
Aparece nas coleções:ENF - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.