Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12540
Título: Análise do contexto da roda de choro com base no conceito de ordem musical de John Blacking
Outros títulos: The roda de choro musical and social analysis based on John Blacking's concept of musical order
Autor(es): Lara Filho, Ivaldo Gadelha de
Silva, Gabriela Tunes da
Freire, Ricardo José Dourado
Assunto: Choro - música
Música popular - Brasil
Música - instrução e estudo
Música - história e crítica
Data de publicação: Jan-2011
Editor: Escola de Música da UFMG
Referência: LARA FILHO, Ivaldo Gadelha de; SILVA, Gabriela Tunes da; FREIRE, Ricardo Dourado. Análise do contexto da roda de choro com base no conceito de ordem musical de John Blacking. Per Musi, Belo Horizonte, n. 23, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-75992011000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 18 mar. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-75992011000100016.
Resumo: A Roda de Choro oferece um rico ambiente para análise tanto do contexto musical da performance quanto do contexto social que nutre as relações musicais. No presente artigo, essa especificidade é analisada a partir do conceito de ordem musical estabelecido por John Blacking (1995). A coleta de dados da pesquisa foi realizada a partir de observações etnográficas e entrevistas com os músicos participantes do universo do Choro. A análise dos discursos e dos registros pode auxiliar na identificação dos elementos que compõem esta ordem musical dentro do Choro conforme a proposta do etnomusicólogo. O contexto ilustrado na discussão é uma Roda de Choro regularmente realizada em um bar de Brasília com a presença de músicos vindos de vários lugares do Brasil. Os relatos dos chorões apontam para a importância da existência de Rodas para manutenção e recriação da tradição musical do Choro. Foi possível compreender que, para esse gênero musical, uma série de fatores extra-musicais interfere de modo significativo nas performances dos músicos. _______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Roda de Choro offers a rich environment in order to analyze the musical context of performance and the social context which nourishes the musical relations. This article aims at analyzing the relationship of both musical and social contexts according to the concept of musical order established by John Blacking (1995), who argues that "music cannot exist without the perception of order that organizes sound". Empirical data was carried through interviews and based on ethnographic field work realized during eighteen months in a live music restaurant in Brasilia. Through discourse analysis and registers analysis it was possible to identify elements which form musical order inside the Choro according to the musician's proposal. Analyses unveil the role of Rodas de Choro as social contexts for maintaining and to recreating choro musical tradition. As a musical gender, Choro involves a whole set of extra-musical factors that impacts musicians' performance.
Licença: Per Musi - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-75992011000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 18 mar. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-75992011000100016
Aparece nas coleções:MUS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AnaliseContextoRodaChoro.pdf401,25 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.