Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12516
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_MaxStabileMendes.pdf4,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Democracia eletrônica para quem? : quem são, o que querem e como os cidadãos avaliam o portal da Câmara dos Deputados
Autor(es): Stabile, Max
Orientador(es): Batista, Carlos Marcos
Assunto: Democracia
Política - internet
Participação política
Data de publicação: 18-Mar-2013
Referência: STABILE, Max. Democracia eletrônica para quem?: quem são, o que querem e como os cidadãos avaliam o portal da Câmara dos Deputados. 2012. xii, 184 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: O problema desta dissertação é responder em que medida todas as possibilidades de interação ofertadas pelo Portal da Câmara dos Deputados atendem às necessidades de interação política dos cidadãos que utilizam estes novos canais. Quem são os usuários destas novas ferramentas? Qual a avaliação que eles fazem destes novos canais? Qual é a opinião deles sobre as possibilidades de participação eletrônica? O principal aspecto teórico abordado nesta dissertação é a seguinte discussão: a internet replica formas de participação tradicionais ou é realmente capaz de fazer com que mais cidadãos, incluindo aqueles que estão alheios e desinteressados, participem? Essas questões foram direcionadas ao Portal da Câmara dos Deputados do Brasil, que, ao longo dos últimos anos, soube adaptar-se e promover um espaço de amplo acesso a informações legislativas, com capacidade de contato e interação entre o cidadão e o seu representante e é considerado, atualmente, o melhor portal legislativo da América do Sul. A dissertação utilizou duas metodologias distintas. A primeira consistiu em analisar as estatísticas de acesso ao Portal, identificando assim os padrões de acesso: os sites de referência e os caminhos de busca através dos quais se chega ao Portal. A segunda consistiu na condução de um Web Survey para coletar a opinião dos usuários. O questionário aplicado teve como objetivo coletar avaliações das ferramentas disponibilizadas pelo Portal, identificar o perfil dos usuários e compreender-lhes o comportamento político no mundo off-line. Um dos principais achados é o de que a Democracia Eletrônica desenvolvida pelo Portal da Câmara dos Deputados tem servido mais aos profissionais da política que ao cidadão comum. Mas, mesmo assim, o cidadão comum, interessado em buscar participação, contato e interação com os atores políticos, está procurando essas ferramentas on-line. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The problem of this thesis is to respond to what extent all the interaction possibilities offered by the Portal da Câmara dos Deputados comply with the need for political interaction of the citizens who use these new channels. Who are the users of these new tools? How they evaluate these new channels of political interaction? What is their opinion about the possibilities of electronic participation? The main theoretical aspect addressed in this thesis is the discussion whether the internet replicates the traditional types of participation or if it is really able to make more citizens to participate, including those who are uninterested in political participation. These questions were directed to the Brazilian Chamber of Deputies website which, over the last few years, has learned to adapt and promote broad access to legislative information, offering interactive resources to contact the Brazilian parliamentarians. This website is also considered the best legislative web portal in South America. This thesis used two distinct methodologies. The first one analyzed the website access data and statistics, in order to identify patterns of access, reference websites and search words used to reach the website. The second one conducted a WebSurvey to gather user opinions. The questionnaire’s main purposes were to gather users’ evaluations of the tools available on the website, to identify the users’ profile and to understand their political behavior in the offline world. One of the main findings is that the Electronic Democracy developed by the Chamber of Deputies website has served more the professional politicians rather than the ordinary citizens. Nevertheless, ordinary people who are interested in participating, contacting and interacting with political actors are seeking these online tools.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2012.
Aparece nas coleções:IPOL - Mestrado em Ciência Política (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.