Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12441
Título: A experiência da Rede de Estudos sobre o Jornalismo (REJ)
Título(s) alternativo(s): The Journalism Studies Network (REJ) : a French-language experiment in collaborative research
Autor(es): Adghirni, Zélia Leal
Pereira, Fábio Henrique
Assunto: Jornalismo
Comunicação - pesquisa
Pesquisa e desenvolvimento
Cooperação intelectual
Data de publicação: 2011
Editor: Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB)
Citação: ADGHIRNI, Zélia Leal; PEREIRA, Fábio Henrique. A experiência da Rede de Estudos sobre o Jornalismo (REJ). Brazilian Journalism Research, Brasília, v. 7, n. 2, 2011. Disponível em: <http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/335>. Acesso em: 11 mar. 2013. ____________________________________________________________________________________________________________________
ADGHIRNI, Zélia Leal; PEREIRA, Fábio Henrique.The Journalism Studies Network (REJ): a French-language experiment in collaborative research. Brazilian Journalism Research, Brasília, v. 7, n. 2, 2011. Disponível em: <http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/350>. Acesso em: 11 mar. 2013.
Resumo: O artigo discute as limitações e potencialidades da pesquisa em jornalismo por meio da adoção do modelo de rede internacional. É apresentada a experiência da Rede de Estudos sobre o Jornalismo (REJ), fundada em 1999 e que conta com 33 pesquisadores vinculados a universidades na Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, França, México e Ilha da Reunião. O relato mostra que, apesar das dificuldades existentes, a REJ se configura como um espaço de relativa autonomia na proposição de objetos e metodologias de estudo sobre o jornalismo, o que se reflete na diversidade de abordagens e de interesses de pesquisa, desenvolvidos no âmbito da Rede. Também permite um debate mais franco e horizontal entre pesquisadores que ocupam posições distintas em suas carreiras. Observamos ainda coerência nas abordagens adotadas no interior da REJ, o que garante a continuidade dos programas de pesquisa desenvolvidos. ___________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This article discusses the limitations and potentialities of journalism research utilizing the international networking model. It presents the experience of the Journalism Studies Network (REJ in the French/Portuguese acronym), a French-language research experiment, founded in 1999 and made up of 33 researchers linked to universities in Germany, Belgium, Brazil, Canada, France, Mexico and on Reunion Island. The report shows that despite the existing difficulties, the REJ takes the form of a place with relative autonomy in proposing objectives and methodologies for the study of journalism, which is reflected in the diversity of approaches and research interests developed within the Network. It also permits a more frank and level debate between researchers who occupy different positions in their careers. Coherence is also observed in the approaches adopted inside the REJ, which assures the continuity of the research programs developed.
Licença: Brazilian Journalism Research - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Fonte: http://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/335. Acesso em: 11 mar. 2013.
Aparece nas coleções:JOR - Artigos publicados em periódicos
FAC-COR - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ExperienciaRedeEstudos.pdfArtigo em português1,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
ARTIGO_JournalismStudiesNetwork.pdfArtigo em inglês1,18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.